“Vista-se de Cristo!”

“Dos céus o Senhor envia o socorro”
29 de julho de 2019
“Conhecendo a Deus (2)”
31 de julho de 2019

“Vista-se de Cristo!”

No evangelho de Marcos 2:21 está escrito: “Ninguém costura remendo de pano novo em veste velha; porque o remendo novo tira parte da veste velha, e fica maior a rotura”.

É muito importante que saibamos que não é bom tentar remendar o sistema velho com o novo. Há um ensinamento maravilhoso nessa fala de Cristo, o ensino de que coisas diferentes não ficam juntas. Acontece que o “velho” é ruim e que o “novo” é melhor. O velho em questão era o tradicionalismo legalista do judaísmo farisaico, ou seja, todo aquele formalismo, aquele tanto de regras, de proibições e de cobranças, de imposição sobre as pessoas, que faziam parte da religiosidade dos judeus, tudo isso representava o “velho”. Era o sistema velho. Era igual a uma roupa velha. Tudo isso não tinha nada a ver com o evangelho de Cristo que prega o arrependimento dos pecados e o perdão de Deus. O evangelho é o novo, é a roupa nova.

É incrível atentarmos na forma simples, mas profunda como Jesus ensinava sobre o reino de Deus. Ele usava uns recursos interessantes em suas falas e ensinamentos para conduzir os homens a Deus. Para ilustrar seus ensinos Ele tomava emprestada uma situação cotidiana de seus ouvintes para lhes falar e para que fosse mais bem entendido. Quem tinha ouvidos o ouvia e entendia perfeitamente o que Ele estava dizendo.

O evangelista Lucas também fez o seu registro sobre essas palavras de Cristo. Em Lucas 5:36 está escrito o seguinte: “Ninguém tira um pedaço de veste nova e o põe em veste velha; pois rasgará a nova, e o remendo da nova não se ajustará à velha”. Vamos pensar assim. Você está usando uma roupa velha e que está rasgada. Se colocar um remendo novo para tapar o buraco a roupa velha vai rasgar mais ainda. É que o tecido novo ao ser lavado vai encolher e vai forçar a roupa velha. Não vai dar certo. E tem outra coisa, o remendo de pano novo não vai combinar com a roupa velha. Não fica legal mesmo.

A salvação de Cristo é a nova roupa que o homem precisa vestir. Os fariseus tinham acrescentado por conta deles muitas regras às leis de Deus. Cristo não desprezou as leis de Deus dadas no passado, mas justamente os acréscimos dos fariseus. Cristo cumpriu a lei de Deus. Mas, as leis inventadas pelos super religiosos não traziam benefício aos homens, apenas ansiedade e pesar. O que realmente importa é crer em Cristo, no que Ele ensina e segui-lo. Se nos vestimos de Cristo temos de estar vestidos de Cristo somente. Não tem que fazer nenhum remendo e nem sequer pendurar qualquer amuleto ou adereço da religiosidade. É Cristo e somente Cristo.

Não vista-se de tradicionalismo, de cultura, de ideologias, de teorias, de crendices, de superstições, de medos e temores, de sensação e vibrações positivas, de ativismo religioso. Vista-se mais de Cristo. Se você se vestir de Cristo estará bem vestido, seguro e apto para caminhar bem, mas se você se vestir de outra coisa que não seja Cristo, na verdade estará totalmente descoberto.

Que o Senhor Jesus conceda um ótimo dia a você e toda a sua família.

Rev. Heli Donizeti