“Alegrai-vo sempre” (1 Ts. 5.16)
3 de abril de 2020
“Que é a vossa vida?”
6 de abril de 2020

“Servir a Deus”

“Porém, se vos parece mal servir ao SENHOR, escolhei, hoje, a quem sirvais: se aos deuses a quem serviram vossos pais que estavam dalém do Eufrates ou aos deuses dos amorreus em cuja terra habitais. Eu e a minha casa serviremos ao SENHOR.” (Josué 24.15)

Jamais seremos capazes de compreender como a idolatria é um pecado ofensivo a Deus. A idolatria nada mais é do que inventar um deus, atribuir a ele poderes, e pior do que isso, lhe dedicar honras, glórias e louvores por coisas que esse ídolo não fez.

Essa era a situação de Israel registrado no livro de Josué capítulo 24. Josué diz ao povo que se parecia mal servir ao Senhor, então que o povo escolhesse entre os deuses da época passada, quando habitavam no Egito; ou os deuses dos povos que habitavam Canaã. No entanto, ele e sua casa serviriam ao Senhor.

Israel caminhou 40 anos no deserto de baixo do sustento e proteção de Deus. Venceu grandes batalhas, sem ao menos sequer ter um exército. Muralhas foram derrubadas, exércitos foram abatidos, a fome e a sede foram saciadas, mas mesmo assim, Israel insistia no pecado da idolatria.

Assim como Deus fez tudo por Israel, Ele continua a fazer pelo seu povo. O ar que respiramos vêm do Senhor. A vida que vivemos é sustentada pelo Senhor. Os elementos que nos mantém vivos é graça do Senhor. Mas mesmo assim, muitos tem se prostrado aos ídolos do mundo moderno, seja o dinheiro, o poder e os prazeres dessa vida.

Reafirmemos o pacto de Josué. Não importa por onde as pessoas ao nosso redor queiram andar, que nós, e nossa família sirvamos com alegria e gratidão o Senhor.

Que o Senhor Jesus conceda um ótimo dia a você e toda a sua família.

Rev. RICARDO S. ALVES (IPC de Palmares Paulista – SP)