“Recebemos dons”
13 de fevereiro de 2020
“Repouso tranquilo”
15 de fevereiro de 2020

“Quando o desejo se torna cobiça”

Devocional que tem por base o texto de Tiago 4:1-10, destacando o versículo 2: “Cobiçais e nada tendes, matais, e invejais, e nada podeis obter; viveis a lutar e a fazer guerras. Nada tendes, porque não pedis;”

Cobiça da carne significa ser dominado por seus apetites físicos, enquanto que por cobiça dos olhos significa ter a sua vida dominada pelo amor às coisas “belas” deste mundo.

Reflita seriamente sobre as suas ambições e aspirações, e se pergunte: Sou uma pessoa ambiciosa? Você já se viu cobiçando algo como: um carro, estilo de vida confortável, status no trabalho, influência pessoal dentre outros aspectos?

Tiago destaca as atitudes erradas na medida em que os nossos desejos estão contaminados: carnalidade, contenda e inveja. De acordo com o texto existem muitas razões pelas quais Deus nega o pedido de uma pessoa. De acordo com Tiago, qual é a razão para Deus dizer não a algo que queremos? A resposta é: “pedis mal” (verso 3).

O antídoto à cobiça é encontrado nos versos 7 a 10.

Quais os passos podem ser dados para que estas questões sejam colocadas em prática em meio aos conflitos da vida? Os passos são: “Sujeitar-se a Deus, resistir ao diabo, achegar-se a Deus, purificar as mãos, limpar o coração, lamentar e chorar, converter riso em pranto, humilhar-se”.

A Palavra sempre nos encoraja a abandonar nossos prazeres e nossas cobiças, pois Deus“ dá graça aos humildes”.

Quais passos você está disposto a dar hoje para controlar os seus desejos pecaminosos?

Que o Senhor Jesus conceda um ótimo dia a você e toda a sua família.

Rev. Givaldo Santana (Pastor na IPC de Birigui – SP)