“Deus acima de tudo”
24 de dezembro de 2019
“O encanto da Luz”
26 de dezembro de 2019

“O que realmente importa no natal?”

Essa é uma época bonita do ano. Os enfeites, as luzes a criatividade são coisas que nos causam admiração. Por outro lado é uma época triste, porque, infelizmente, o que se celebra mundo afora não é o nascimento de Cristo e nem a mensagem de Boas novas.

Para a maioria das pessoas, trata-se apenas de uma celebração humana; uma oportunidade para se confraternizar e dar vasão aos pecados da glutonaria e da bebida. Muitas famílias, infelizmente, sofrerão os danos cometidos por esses exageros. Não se deve e nem se pode comemorar o nascimento de Jesus o envergonhando e não o convidando para a sua própria festa.

O nascimento de Jesus deve ser visto por nós como um fato real e determinado por Deus. Embora o registro bíblico dê a impressão de certo improviso, pelo fato de Maria e José não encontrarem um lugar adequado para o nascimento do menino Jesus, a verdade é que tudo estava literalmente cronometrado por Deus. Gálatas 4.4 diz: “Vindo a plenitude do tempo, Deus enviou seu Filho, nascido de mulher, nascido sob a lei”. Isso significa que o nascimento de Jesus aconteceu no tempo exato e preciso estabelecido por Deus, que ele nasceu de uma mulher literalmente e que ele estava sujeito as exigências da lei como todos os outros seres humanos.

Porém, convém lembrar que esse nascimento especial, também tinha um propósito, ou seja, resgatar os escolhidos do Senhor que estavam sob o domínio da lei e da maldição.
O nascimento de Jesus representa para nós o fato de que Jesus veio ao mundo e que através da sua vida, da sua morte e da sua ressurreição, agora podemos clamar: Aba Pai. Em outras palavras, agora estamos num relacionamento com nosso Pai Celestial de vida, paz e amor. Da mesma forma que Cristo se relaciona com o Pai, também nós nos relacionamos.

Se deleite no que Paulo diz no livro de Gálatas 4.7 diz: “De sorte que já não és escravo, porém filho; e, sendo filho, também herdeiro por Deus”.

Glória a Deus nas maiores alturas por essas tão grandiosas bênçãos.

Desejamos a você e a sua família um Feliz natal

Que o Senhor Jesus conceda um ótimo dia a você e toda a sua família.

Rev. RICARDO S. ALVES (IPC de Palmares Paulista – SP)