“O que mais importa é fazermos o mais importante”

“Uma caminhada de fé”
3 de dezembro de 2019
“Investimento para a alma”
5 de dezembro de 2019

“O que mais importa é fazermos o mais importante”

“Exercitar justiça e juízo é mais aceitável ao Senhor do que sacrifício.”
(Provérbios 21:3)

A nossa mania de achar que sabemos de tudo só nos prejudica. Além disso, gostamos de dizer o que os outros deveriam fazer. Mal conseguimos sucesso nas nossas empreitadas e ainda queremos distribuir receitas de como as pessoas podem viver melhor suas vidas. Em Provérbios 3:7 lemos: “Não sejas sábio aos teus próprios olhos; teme ao SENHOR e aparta-te do mal;”. Não é sábio se julgar sábio ou grande coisa, pois o fato é que não sabemos de tudo e nem podemos tudo. E isso é um mal real, isso é terrível, e a verdadeira sabedoria consiste em abandonarmos nosso achismo. Temos de nos dobrar humildes e nos humilhar diante de Deus. Não há algo superior a isso que possamos fazer.

Se realmente queremos viver melhor, temos de nos pautar pelo que podemos encontrar de direcionamento nas Escrituras Sagradas. Então, vejamos isso.

Em Provérbios 21:3 está escrito: “Exercitar justiça e juízo é mais aceitável ao Senhor do que sacrifício”. Na Bíblia Viva esse mesmo texto aparece assim: “Para Deus é muito mais importante obedecer Suas leis e viver honestamente, do que oferecer sacrifícios e fazer ofertas a Ele.” Lendo esse texto podemos entender que nem a nossa religiosidade, nem nossa aparência de crentes, a nossa postura ou nosso jeito de muito espirituais diante de Deus são absolutamente nada.

O que mais importa para Deus é fazermos o que Ele manda. Deus prefere a nossa obediência ao que Ele diz para fazermos, pois Ele não quer que façamos aquilo que nós achamos ou que sentimos que tem de ser feito.

Para que isso se torne muito claro para nós, lembremo-nos do que Deus nos mostra através da Sua Palavra. Lembremo-nos que Deus rejeitou a oferta de Caim, pois seu coração era mau e porque ele dera sua oferta sem gratidão e amor para com o Senhor. Lembremo-nos que o profeta Samuel chamou a atenção do rei Saul porque este fazia muitos sacrifícios, levanta altares e dava ofertas com certa frequência, mas, tão somente, porque sua intenção era se exibir para seus súditos e para ser louvado por eles. A sua vaidade e seu desejo de autoafirmação não agradavam a Deus, pois Deus queria a sua obediência. Saul só não se importou com o que Deus queria dele. Lembremo-nos do povo para o qual profetizava o sofrido profeta Oseias. O povo de Israel cantava bonito, fazia suas juras de amor a Deus, mas, tudo era passageiro. Era tudo da boca para fora. O profeta disse que Deus queria misericórdia e não sacrifícios e holocaustos. Lembremo-nos que muitos depositavam muitas ofertas nos gazofilácios do templo religioso na época de Jesus, e bem às vistas de Jesus, mas, que nada disso impressionara ao Senhor, ao passo que a entrega sincera, sacrificial e total de uma viúva muito pobre foi muito mais importante para Ele. O Senhor se agradou da obediência sincera daquela mulher. Lembremo-nos que sobre as irmãs Marta e Maria, Jesus disse que Maria escolhera a melhor parte. O que Marta fazia realmente era parte do dia-a-dia da casa, mas naquela hora ali com o Senhor o mais importante era ter com Ele. Lembremo-nos que o discípulo Judas fazia comentários apaixonados e preocupados com as necessidades dos miseráveis, mas que tudo isso jamais impressionara a Cristo. Aliás, Judas foi desleal e se vendeu por algumas moedas. O que mais importava para ele era ganhar dinheiro e não estar com Seu Mestre.

O que mais importa na nossa vida é fazer o mais importante da vida. O sábio Salomão disse que o mais importante da vida é: “Teme a Deus e guarda os seus mandamentos; porque isto é o dever de todo homem.” (Isso está em Eclesiastes 12:13). O profeta Miqueias também escreveu sobre o mais importante da nossa vida. Ele escreveu assim: “Ele te declarou, ó homem, o que é bom e que é o que o SENHOR pede de ti: que pratiques a justiça, e ames a misericórdia, e andes humildemente com o teu Deus.” (Isso está em Miqueias 6:8).

Perceba, o mais importante é fazermos o que realmente importa para Deus. O nosso Senhor quer que nós O obedeçamos.

Não pense que você pode fazer qualquer coisa para chamar a atenção, para impressionar ou para surpreender a Deus. Não se exercite e nem gaste nisso, exercite a justiça e o juízo, pois isso é mais aceitável a Deus. Não se engane, não se iluda. Tudo que você precisa saber e tudo que precisa fazer você pode encontrar lendo a Bíblia Sagrada.

Não diga que você fez o seu melhor, quando tudo que você fez foi fazer muitas coisas que Deus condena nas Escrituras. Não tem como se fazer o melhor para Deus sem seguir a Palavra dEle. O seu melhor não é o mesmo melhor que Deus tem pra você fazer.

Lembremo-nos de que o que mais importa para Deus é que nossa obediência a Ele seja de verdade.

E então, o que é mais importante para você? Afinal de contas, o que mais importa?

Quer conhecer um verdadeiro filho de Deus, um autêntico servo de Deus, um adorador genuíno? Há quem obedece a Deus e há quem não obedece.

Obedeçamos ao nosso Deus. Isso é o que importa.

Que o Senhor Jesus conceda um ótimo dia a você e toda a sua família.

Rev. Heli Donizeti Nogueira (Pastor na IPC de Prata – MG)