“Mudança de Hábito (final)”
17 de julho de 2019
“O perigo de desejar mais o agrado dos homens que agradar a Deus” (1 Samuel 15. 24-30)
19 de julho de 2019

“O meu socorro vem só do Senhor!”

Alguém, por acaso, já te perguntou para onde vamos depois que morrermos? Ou perguntou o que acontece depois que morremos? Já perguntaram a você quem é Deus? Praticamente todos os dias ouvimos perguntas. Algumas delas conseguimos até responder, mas já outras perguntas nos confundem ou são difíceis mesmo, daí preferimos não dar qualquer resposta.

No Salmo 121:1 tem uma pergunta registrada. Está escrito: “Elevo os olhos para os montes: de onde me virá o socorro?” Ao que tudo indica, o Salmo 121 retrata algo ocorrido numa das peregrinações dos judeus rumo ao templo. A um dos adoradores que estava caminhando rumo ao templo alguém pelo trajeto abordou e perguntou: – Ô, irmão, eu ponho os meus olhos lá bem no alto desses montes que me cercam, mas de qual deles virá o meu socorro?

A pessoa que fez essa perguntava acreditava que o socorro de que ela precisava deveria vir de um ou de outro lado. Ela estava com sua esperança voltada para um dos montes. Ela tinha a expectativa de que fosse ajudada nas suas necessidades por algum deus, entidade ou algum tipo de provisão de algum daqueles lugares que a cercavam. Talvez invocando algum deus em algum templo que estava sobre um dos montes ela alcançasse a ajuda que tanto precisava.

Mas, o peregrino que foi abordado e questionado respondeu com uma convicção admirável. No versículo 2 do Salmo 121 tem a sua resposta: “O meu socorro vem do SENHOR, que fez o céu e a terra”. É como se tivesse respondido assim: – Ó, eu não espero socorro de monte nenhum, pois o meu socorro vem do Senhor que criou todos os montes, o céu e a terra!

Aquele adorador declarou que não adorava a criação, mas o Criador de todas as coisas. Ele não punha a sua esperança em coisas, pessoas, nações, exércitos ou qualquer tipo de objeto. Ele não contava com o socorro de absolutamente nada e nem de ninguém nesse mundo. Nem do mais alto e imponente monte ele aguardava qualquer livramento. Nem de algum templo religioso. Os olhos dele estavam voltados para o Deus único e verdadeiro que fez o céu e a terra.

A nossa esperança tem de estar voltada para Aquele que é maior que tudo que existe e que tem o controle e domínio de tudo que existe e acontece. Precisamos ser acudidos, precisamos de socorro e tudo o que precisamos só podemos receber do Senhor Deus.

Não volte os seus olhos e o seu coração para montes, pessoas ou coisas, mas para o Criador e Sustentador da sua vida. Adore e sirva Aquele que é o seu único socorro. Não perca o seu tempo criando expectativa de que dias melhores virão por causa de autoridades ou de poderosos. Creia e confie que somente o Deus Todo-Poderoso, que é supremo e soberano, pode te socorrer.

Que o Senhor Jesus conceda um ótimo dia a você e toda a sua família.

Rev. Heli Donizeti