“Não nos afastemos de Deus!”

“Uma Igreja em boa ordem cultua com ordem e decência” (1ª Coríntios 14.40)
11 de julho de 2019
“Você se acha um Cristão?”
13 de julho de 2019

“Não nos afastemos de Deus!”

A leitura, o estudo e a meditação nos textos do Antigo Testamento das Escrituras Sagradas podem nos render boas descobertas e uma grande aprendizagem. Vamos observar um excelente exemplo a esse respeito.

Em Sofonias 3:2 está escrito: “Não atende a ninguém, não aceita disciplina, não confia no Senhor, nem se aproxima do seu Deus.”

O profeta Sofonias foi contemporâneo do profeta Jeremias. Eles profetizaram no mesmo lugar: Jerusalém e na mesma época: durante os dias do reinado do rei Josias. Eles presenciaram as mesmas coisas: um povo que desobedecia a aliança com Deus.
Para entender algumas passagens de Jeremias podemos buscar informações em Sofonias, e para entender melhor algumas passagens de Sofonias basta fazermos uma visita ao livro de Jeremias. Então, vamos a uma questão: por que Sofonias disse que Jerusalém não atendia a ninguém, não aceitava disciplina, não confiava no Senhor, nem se aproximava do seu Deus?

Em Jeremias 5:1 lemos o seguinte: “Dai voltas às ruas de Jerusalém; vede agora, procurai saber, buscai pelas suas praças a ver se achais alguém, se há um homem que pratique a justiça ou busque a verdade; e eu lhe perdoarei a ela.” A constatação de Sofonias foi terrível, pois ele pregava para pessoas de corações duros. O seu público alvo era bastante rebelde e indiferente para com a pregação da Palavra do Senhor. A verdade é que não tinha ninguém de coração quebrantado e que se arrependesse dos pecados e que quisesse deixá-los. Era um tempo complicado, aquela geração era terrivelmente desinteressada no Senhor. Jeremias e Sofonias tinham de exortar essas pessoas. A sua tarefa era dificílima!

Em Jeremias 22:21 lemos: “Falei contigo na tua prosperidade, mas tu disseste: Não ouvirei. Tem sido este o teu caminho, desde a tua mocidade, pois nunca deste ouvidos à minha voz”. Essa teimosia do povo de Jerusalém era de muito tempo. Há muito Deus levantava e mandava profetas advertirem seu povo, mas nada do seu povo se emendar. Jerusalém não dava ouvidos a Deus. O povo de Jerusalém não aceitava nenhum profeta, não aceitou nem Sofonias e nem Jeremias. Mas, a dolorosa e grande verdade é que o povo não aceitava a Deus.

Em todas as áreas da vida humana as coisas têm ido de mal a pior e a razão, sem dúvida alguma, é a recusa dos homens em ouvir e aceitar a voz de Deus que chama todos ao arrependimento e a uma nova vida em Cristo Jesus. O problema da humanidade é manter-se inflexível diante da voz do Evangelho. O que o ser humano começou a fazer em Gênesis 3 tem se mantido até hoje, querer fazer a sua própria vontade desprezando a Palavra de Deus.

Não nos afastemos de Deus, não nos portemos como desentendidos ou como se não tivessem nada a ver com a nossa vida as advertências e exortações das Escrituras. No lugar de sermos obstinados e rebeldes nos aproximemos mais e mais do Senhor e com toda fé, dedicação e amor. Que o caminho a percorrermos na nossa vida seja o caminho que Deus tem para a nossa vida.

Que o Senhor Jesus conceda um ótimo dia a você e toda a sua família.

Rev. Heli Donizeti Teodoro Nogueira