Devocional 18/12/2018
18 de dezembro de 2018
“O CORRETO PROCEDER CRISTÃO” (Cl 3.12-17)
23 de dezembro de 2018

Devocional 19/12/2018

Estou cansado de clamar, secou-se-me a garganta; os meus olhos desfalecem de tanto esperar por meu Deus. Responde-me, SENHOR, pois compassiva é a tua graça; volta-te para mim segundo a riqueza das tuas misericórdias. Salmos 69.3,16
Há momentos na vida que nos enchem de angústia, quando não sabemos o que fazer, parece não haver solução e, então, o desespero bate à porta.
Mas aqueles que creem em Cristo sabem que têm um Pai Celeste a quem recorrer.
O fato é que, por vezes, temos a impressão de que Ele não está ouvindo.
O salmista diz que sua garganta já seca de tanto pedir e seus olhos tem dificuldades em se manter abertos; parece que nem em Deus ele achará socorro. Mas Deus dá aos seus filhos conforto e segurança real, pois mesmo quando parece que nada acontece, Davi declara crer na graça que é compassiva e na misericórdia que é rica.
A palavra traduzida como “compassiva” quer dizer “boa”, e a traduzida por “graça” se refere a todas as ações de Deus ligadas à aliança, tais como “fidelidade”, “benignidade”, entre outras. Quanto às misericórdias, estas são abundantes. Em resumo, o que o salmista quer dizer é que não há, de fato, o que temer, não importando quais sejam as circunstâncias, pois Deus firmou uma aliança com aqueles que nEle crêem e é fiel a ela.
Consolemo-nos nestas verdades e não temamos, se confiamos prontamente em Deus.
Bom dia,
Welerson Alves Duarte