“Cuidado com o que você tem plantado!”
22 de setembro de 2020

“Deus é bom o tempo todo”

“Celebrarei as benignidades do SENHOR e os seus atos gloriosos, segundo tudo o que o SENHOR nos concedeu e segundo a grande bondade para com a casa de Israel, bondade que usou para com eles, segundo as suas misericórdias e segundo a multidão das suas benignidades” (Isaías 63:7)

Por vezes nos pegamos duvidando da bondade, da benignidade e da misericórdia do Senhor. Situações difíceis nos levam a isso.

No texto de hoje encontramos o povo em situação de cativeiro. Cidade destruída, templo destruído e povo escravizado. Mesmo em circunstâncias tão adversas é dito que o povo lembra de quem Deus é.

A palavra traduzida por “celebrarei” na verdade significa “lembrarei”. Diante de notícias tão terríveis trazidas pelo profeta é preciso, como disse Jeremias em Lamentações 3.21, trazer à memória o que pode dar esperança.
O que eles estavam trazendo à memória é que a sua história mostra que Deus é benigno. Eles louvam a Deus em vista de todas as suas misericórdias nos dias anteriores. O que eles fazem daqui até o fim de Is 64: 1-12, é implorar a Deus por misericórdia. Eles estão se vendo em sofrimento sob a imposição de longos e contínuos males; expulsos e levados a uma terra distante, privados de seus antigos privilégios, e por muito tempo, sujeitos a grandes males. Assim, eles começam suas súplicas neste versículo reconhecendo as misericórdias de Deus para com seus pais e para com sua nação.

Em meio a sofrimento o que você faz? Murmura, diz a Deus que ele esqueceu de você? Revolta-se com o mundo? Este não é o caminho, olhe para trás e veja o quanto Deus já fez e então, clame e confie na sua misericórdia.

Rev. Welerson A. Duarte (IPC de São Bernardo do Campo – SP)