“Descansando Seguro nos Braços de Deus”

“Bem sucedido”
18 de maio de 2020
“Olhando na direção certa”
21 de maio de 2020

“Descansando Seguro nos Braços de Deus”

Examinaremos agora Mateus 1.18-23 para nossa compreensão a respeito da pessoa e ministério de Jesus Cristo. Observamos nesse texto que Jesus Cristo foi gerado no ventre de Maria por ação do Espírito Santo: “estando Maria, sua mãe, desposada com José, sem que tivesse antes coabitado, achou-se grávida pelo Espírito Santo”. O que isso tem a nos informar a respeito de Jesus Cristo?

Nossa intenção não é falar a respeito de ninguém mais além de Cristo. Então, passaremos direto para as informações a respeito da sua pessoa e obra.

Primeiramente, observe que Jesus Cristo é uma pessoa histórica, de carne e osso. Ele é homem como qualquer um de nós, contudo, sem pecado, pois foi gerado pelo Espírito Santo numa mulher judia chamada Maria. Ele é uma pessoa histórica e real.

É importante enfatizar isso porque muitas pessoas dizem que o cristianismo não é histórico, mas está fundamentado no Cristo da fé. O mundo faz separação entre o Cristo no qual cremos e o Cristo descrito pela história. Nada está tão longe da verdade quanto essa afirmação dos liberais e ateus. Todas as descrições a respeito de Jesus nas Escrituras são situadas na história em meio a fatos concretos e pessoas reais. O cristianismo não é fruto de sentimentalismo barato, nem de crença puramente subjetiva, mas de história real.

Segundo, perceba, também, que ele nasceu de uma mulher, sem o concurso de homem. Nesse caso ele é a semente de Maria, ou da mulher. Isso nos leva a olhar mais uma vez para o passado e contemplar a promessa de Deus. Ele disse que enviaria alguém para esmagar a cabeça da serpente (Gênesis 3.15). Neste texto de Gênesis a promessa é clara e cristalina. Deus assim diz à serpente: “porei inimizade entre ti (serpente) e a mulher, entre a tua descendência e o seu descendente (descendente da mulher). Este te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar”. O cumprimento da promessa é realizado de forma completa e detalhada. O Messias não é filho de José, é apenas o filho de Maria. Ele é o descendente da mulher. Porque esses detalhes são enfatizados e são cumpridos?

O apóstolo Paulo diz que Adão não foi enganado, mas Eva sim (1Timóteso 2.14). Eva foi seduzida, iludida e ludibriada, mas Adão fez o que fez conscientemente. E Deus para honrar a mulher e envergonhar os intentos do diabo, diz a própria serpente: “o filho da mulher lutará contra você e te derrotará trazendo redenção aos irmãos dele” (Gênesis 3.15). O Deus e pai de nosso Senhor Jesus Cristo é perfeito e fiel. Ele cumpre sua Palavra nos mínimos detalhes. Todas as suas promessas são cumpridas ao longo da história, por isso, podemos descansar seguros nos braços do grandioso Deus.

Que o Senhor Jesus conceda um ótimo dia a você e toda a sua família.

Rev. Antônio Carlos S. Lima (Pastor na IPC de Antonina – PR)