“Como você lida com a realidade da morte?”

“Discípulo de Cristo (4)”
23 de janeiro de 2020
“Confio no Senhor!”
25 de janeiro de 2020

“Como você lida com a realidade da morte?”

“Que homem há, que viva e não veja a morte? Ou que livre a sua alma das garras do sepulcro?” (Salmo 89.48)

A morte é um dos, senão o grande temor do ser humano. A grande verdade é que todos nós sabemos que um dia vamos partir desta vida, mas também é verdade que a maioria de nós vive como se este dia nunca fosse chegar. Por essa razão, notícias que ameaçam a nossa vida são vistas por alguns com desespero.

O Salmo que nós temos diante de nós, hoje, usa duas frases diferentes que dizem, em essência, a mesma coisa. A pergunta do salmista se resume em mostrar que ninguém pode se livrar da morte. Mesmo diante desta verdade, há aqueles que vivem lutando para se livrar da morte.

Eu li há um tempo atrás que uma pessoa muito rica contratou os serviços de uma empresa norte-americana que congela corpos, para que estes sejam ressuscitados no dia em que a ciência conseguir resolver o problema da morte; são milhões e milhões de reais que as pessoas aplicam para tentar vencer a morte.

Desde que o pecado entrou no gênero humano, não existe maneira de vencer a morte a não ser tendo Jesus Cristo como senhor e salvador da vida. Cristo disse que quem crê nele ainda que morra viverá, e que todo que vive crendo nele não morrerá eternamente.

Não existem formas humanas de resolver o problema da morte, portanto, o único caminho a seguir é reconhecer Cristo como Senhor e Salvador, vivendo para ele, consagrando-se a ele, andando nos caminhos que ele estabeleceu e, assim, enfrentando a morte com a naturalidade com que o Apóstolo Paulo enfrentou, dizendo que já estava sendo oferecido por libação, havia combatido o bom combate, completado a carreira, guardado a fé.

Como é que você tem vivido a sua vida? Você tem conseguido enxergar que a morte é uma realidade e que não há como fugir deste dia que, mais cedo ou mais tarde, vai chegar? Você tem de fato dedicado sua vida a Cristo e, portanto, se colocado em uma condição onde não precisa temer a morte?

Firmemo-nos em Cristo.

Que o Senhor Jesus conceda um ótimo dia a você e toda a sua família.

Rev. Welerson Alves Duarte (Presidente Geral da IPCB e Pastor na IPC de São Bernardo do Campo – SP)