DEVOCIONAIS

4 de abril de 2020

“Servir a Deus”

“Porém, se vos parece mal servir ao SENHOR, escolhei, hoje, a quem sirvais: se aos deuses a quem serviram vossos pais que estavam dalém do Eufrates ou aos deuses dos amorreus em cuja terra habitais. Eu e a minha casa serviremos ao SENHOR.” (Josué 24.15) Jamais seremos capazes de compreender como a idolatria é um pecado ofensivo a Deus. A idolatria nada mais é do que inventar um deus, atribuir a ele poderes, e pior do que isso, lhe dedicar honras, glórias e louvores por coisas que esse ídolo não fez. Essa era a situação de Israel registrado no livro de Josué capítulo 24. Josué diz ao povo que se parecia mal servir ao Senhor, então que o povo escolhesse entre os deuses da época passada, quando habitavam no Egito; ou os deuses dos povos que habitavam Canaã. No entanto, ele e sua casa serviriam ao Senhor. Israel caminhou 40 […]
3 de abril de 2020

“Alegrai-vo sempre” (1 Ts. 5.16)

Qual é a vontade de Deus para minha vida? Você já se fez essa pergunta nesses dias de confinamento? Como nós, como cristãos, devemos agir e nos comportar diante dessa difícil situação que nos cerca? O que Deus requer de nós nesse momento? É possível que você já tenha feito uma dessas perguntas nos últimos dias. Se já fez, gostaria de ajudá-lo (a) a responder olhando para o texto de 1ª Tessalonicenses 5.16, através do qual o apóstolo Paulo nos mostra qual é a vontade de Deus para nós, não apenas diante da atual circunstância, mas para todas as ocasiões da vida. O texto bíblico em questão nos traz, em meio a uma série de exortações práticas, uma muito especial que deve nos acompanhar constantemente, como passo a destacar aos irmãos e irmãs, a saber: “alegrai-vos constantemente”. – Alegrai-vos constantemente. A Bíblia não é cega quanto à realidade da vida […]
2 de abril de 2020

“Pratique o que é bom”

“Amado, não imites o que é mau, senão o que é bom. Aquele que pratica o bem procede de Deus; aquele que pratica o mal jamais viu a Deus.” (3ª João v. 11). A terceira epístola escrita pelo apóstolo João fala sobre três homens que congregavam na mesma Igreja. Os nomes deles eram Gaio, Diótrefes e Demétrio. Acontecia o seguinte: Gaio era um homem bom e gostava de receber em sua casa todos os missionários ou outros cristãos que passavam pela sua cidade e pela igreja. Diótrefes, por sua vez, não recebia ninguém na sua casa e ainda recebia muito mal na igreja. Condenava quem da igreja fizesse igual a Gaio e como líder que era até expulsava da igreja quem contrariasse sua opinião e ordem. Já Demétrio no meio dessa situação embaraçosa optou por seguir o exemplo de Gaio e também receber os irmãos com carinho e alegria. A […]
1 de abril de 2020

“Como você está usando a sua vida?”

“E, assim como aos homens está ordenado morrerem uma só vez, vindo, depois disto, o juízo…” (Hebreus 9.27) O texto de hoje nos lembra que morremos uma vez só, que aqui temos uma única vida e não haverá outra oportunidade de passarmos por esta terra. Esta vida passa muito rápido. Tiago a compara a uma neblina: “Vós não sabeis o que sucederá amanhã. Que é a vossa vida? Sois, apenas, como neblina que aparece por instante e logo se dissipa” (Tiago 4.14). A grande questão, portanto, é: como estamos usando esta vida, que é única? Trabalhando, estudando e nos divertindo? Estas coisas são boas, mas não são tudo. Será que viemos a este mundo pra correr atrás de coisas? E Deus, onde entra nesta história? O texto de hoje não só nos diz que temos uma vida apenas, mas diz também que depois dela vem o juízo. Eu e você […]
30 de março de 2020

A Obra da Santíssima Trindade na vida dos Eleitos (Efésios 1. 3-14)

Leia o Texto Sagrado As Escrituras nos dizem que Deus nos abençoou com todas as sortes de bênçãos nas regiões celestiais em Cristo. O Senhor ressuscitou dos mortos e está assentado à direita do Pai “nos lugares celestiais” de onde governa todas as coisas para o bem da igreja (cf. Romanos 8.29). A nossa eleição fora antes da fundação do mundo, e teve como finalidade o “sermos santos e irrepreensíveis diante dEle”. O texto de 2 Coríntios 6. 17-18 diz: “por isso, retirai-vos do meio deles, separai-vos, diz o Senhor; não toqueis em coisas impuras; e eu vos receberei. Serei vosso Pai, e vós sereis para mim filhos e filhas, diz o Senhor Todo-Poderoso”. Aqui temos o motivo de nossas vidas: sermos pessoas corretas, cumpridoras da lei de Deus. Deus apenas não nos elegeu, o texto fala que em amor Ele nos predestinou para Ele, para sermos seus filhos. Aqui […]
28 de março de 2020

“Somos peregrinos (3)”

Jacó também foi um peregrino, assim como seu avô Abraão. Sua peregrinação começa de um modo estranho, pois ele precisa fugir de sua casa, para não ser morto pelo seu irmão Esaú. Ele havia enganado o seu irmão e o seu pai. Ele provocou a ira de Esaú, quando fingiu ser o seu irmão e recebeu a bênção do seu pai, Isaque. Então ele vai para a casa da família de sua mãe, em Padã-Arã. Durante sua fuga, ele tem um sonho, no qual Deus lhe faz uma promessa: “Estou com você e cuidarei de você, aonde quer que vá; e eu o trarei de volta a esta terra. Não o deixarei enquanto não fizer o que lhe prometi” (Gn. 28.15). Depois de alguns anos Jacó retorna à sua casa paterna. Há um momento tenso no encontro com seu irmão Esaú, pois ele temia que seu irmão ainda nutria sentimentos […]
27 de março de 2020

“Bem, a minha resposta é…”

“Bem aventurado aquele que teme ao Senhor e anda nos seus caminhos.” (Sl. 128:1) – Pai você é feliz? Perguntou certa vez o meu filho de 9 anos. Depois de pensar por alguns segundos, respondi: – Sim, filho. Claro que sou! Logo na sequência, ele fez outra pergunta: Mas, o que é felicidade, pai? No filme que ficou famoso pelo mundo inteiro, intitulado À procura da Felicidade, estrelado pelo excelente ator norte-americano Will Smith, vemos que a felicidade é relacionada e condicionada ao bem-estar físico e material. Muito embora o conforto seja algo bom, não negamos isso, mas, não podemos resumir a felicidade apenas ao bem-estar físico e material. Penso que isso seria diminuir o significado e o real sentido da felicidade. De acordo com o texto em questão, podemos destacar alguns aspectos. O primeiro aspecto a ser observado é que o salmista fala a respeito da vida do indivíduo […]
26 de março de 2020

“Olhando para Ele”

“Olhando firmemente para o Autor e Consumador da fé, Jesus, o qual, em troca da alegria que lhe estava proposta, suportou a cruz, não fazendo caso da ignomínia, e está assentado à destra do trono de Deus.” (Hebreus 12.2) Há uma diferença clara entre ver e prestar atenção. Todos os dias, nossos olhos veem muitas coisas, pessoas, carros, casas, paisagens, sol, chuva. Coisas que ao serem vistas não ficarão marcadas na memória, rápido cairão no esquecimento. Mas há certas coisas que nos chamam a atenção, e por isso, nossos olhos procuram atentar para os detalhes, para as cores, para a beleza, harmonia, e assim por diante. É dessa maneira que somos conclamados a olhar para Jesus. Não com um olhar desatento que logo esquece tudo, mas com um olhar firme que procura prestar atenção a cada detalhe da sua sublime beleza. O Senhor Jesus é apresentado como o autor e […]
25 de março de 2020

“Busque a Deus”

“Pensai nas coisas lá do alto, não nas que são aqui da terra” (Colossenses 3.2,3). Estamos vivendo um tempo novo. Tempo em que nossa geração nunca viu nada igual. Uma pandemia se instalou no mundo e ficamos cercados por muito barulho e informações. Isso foi suficiente para causar medo e desespero em muitos. Em meio a esse cenário, Paulo nos dá um bom conselho… “pensai nas coisas lá do alto”, ou seja, não tire os olhos, a mente, o coração de Deus. Concentre-se no Senhor; invista tempo de qualidade na Palavra; leia alguns bons livros cristãos. Ouça a rádio cristã Bless. Reflita na suficiência de Deus, e não na nossa fraqueza e vulnerabilidade. Pondere sobre sua herança em Cristo, e não sobre as limitações temporárias impostas devido à crise da saúde. Conte as promessas de Deus, em vez das estatísticas reproduzidas constantemente na televisão. Teremos tempo livre devido aos limites […]
24 de março de 2020

“O que o Senhor pede para fazermos é bom”

“Ele te declarou, ó homem, o que é bom e que é o que o SENHOR pede de ti: que pratiques a justiça, e ames misericórdia, e andes humildemente com o teu Deus.” (Miqueias 6:8) O Senhor Deus pede isso: Seja íntegro, seja bom para com as pessoas e seja obediente a Deus. Não era fácil na época do profeta Miqueias. Ele estava profundamente preocupado com as condições políticas e sociais do seu povo. Os pobres eram massacrados pelos ricos e pelos que eram bastante gananciosos. A desigualdade social avançava por causa das injustiças que não paravam de acontecer. Os corruptos da sociedade viviam fazendo hora extra. Foi nesse contexto que Miqueias teve de atuar como pregador da Palavra de Deus. Infelizmente, até pessoas que faziam parte do povo de Deus estavam envolvidas com o que era desonesto e corrupto por avareza, por cobiça, por ganância. Digo que: Uma das […]
23 de março de 2020

“Aparência não é tudo”

“Não havia, porém, em todo o Israel homem tão celebrado por sua beleza como Absalão; da planta do pé ao alto da cabeça, não havia nele defeito algum. Então, disse aos seus servos: Vede ali o pedaço de campo de Joabe pegado ao meu, e tem cevada nele; ide e metei-lhe fogo. E os servos de Absalão meteram fogo nesse pedaço de campo” (2 Samuel 14.25, 30) A aparência é muito importante, já que ela é a primeira impressão que passamos. No entanto, aparência não é tudo; ela precisa vir acompanhada de bom caráter, bons valores e bons sentimentos. O texto de hoje nos fala de um dos filhos de Davi, Absalão. O texto o descreve como alguém muito celebrado por sua beleza. Se lermos todo o capítulo, perceberemos que a beleza de Absalão não era apenas algo que transmitia formosura física, mas também confiança, respeito e bondade. Isto pode […]
16 de março de 2020

“Testemunhemos”

“Mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e sereis minhas testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judeia e Samaria e até aos confins da terra” (Atos 1.8) A Igreja precisa perceber que sua finalidade de existir no mundo é o testemunho. E isto passa obrigatoriamente por um discurso que reflita uma fundamentação teórica, e que espelhe aquilo que a Igreja é. A igreja de hipótese nenhuma pode adequar seu discurso para agradar a homens, pois fazendo isto, ela esvazia de sua fala o poder conferido por Deus para testemunhar. Sociedade, Pecado e Política. O que estas três coisas tem haver? Sociedade – O homem é um ser social e por natureza agente de interação. Ninguém vive sem interagir uns com os outros. Pecado – é algo que é natural em todo ser humano. Não há ninguém que não fora contaminado pelo pecado original e sua […]
14 de março de 2020

“Somos peregrinos (2)”

Abraão era um homem de peregrinação. Sua peregrinação em direção à terra prometida começou aos setenta e cinco anos de idade, quando Deus o chamou de Ur dos Caldeus. “Então o Senhor disse a Abrão: Saia da sua terra, do meio dos seus parentes e da casa de seu pai, e vá para a terra que eu lhe mostrarei” (Gn 12.1). A chamada de Deus para Abraão ser um peregrino envolveu muitos momentos marcantes na vida deste patriarca. Abraão teve que deixar sua terra, seus pais, seus familiares. Ele não vacilou em obedecer ao Senhor que o chamou. “Partiu Abrão, como o Senhor lhe ordenara” (Gn 12.4). O patriarca expressou o quanto amava a Deus, na verdade, amava ao Senhor acima de tudo e de todas as coisas. Ele não desprezou sua família, mas, quando foi chamado para ir a uma terra que não conhecia, ele obedeceu, de coração, a […]
13 de março de 2020

“Mudança Necessária”

“Tomou, então, Samuel uma pedra, e a pôs entre Mispa e Sem, e lhe chamou Ebenézer, e disse: Até aqui nos ajudou o Senhor” (1 Samuel 7.12) Você já teve que mudar o seu hábito alimentar? Já precisou sair do sedentarismo por questão de saúde? Já teve que mudar de bairro ou até de cidade? A questão é que mudança de qualquer natureza, via de regra, não é uma tarefa fácil. O contexto geral desta passagem é de que a Arca da Aliança que simbolizava a presença de Deus havia sido levada pelos filisteus que oprimiam Israel havia vinte anos. Lembrando que esta situação se deu por conta da desobediência do povo de Deus. A passagem apresenta uma sequência de ações como: apostasia, opressão, arrependimento e livramento. Lidando com o sofrimento – “E toda a casa de Israel dirigia lamentações ao Senhor” v, 2. Você se lembra do ditado popular: […]
12 de março de 2020

“Contemplação”

Você já contemplou alguma beleza no dia de hoje? Parou para ouvir o canto dos pássaros? Observou a beleza e sentiu o perfume de uma flor? Parou para saborear uma fruta? Ou talvez tenha ficado encantando com a beleza de uma paisagem? Infelizmente o excesso de compromissos, as preocupações do dia a dia, a ansiedade de terminar um trabalho, concluir um projeto, pagar as contas e tantas outras coisas se transformam em grandes barreiras que nos impedem de parar, respirar, descansar e contemplar as belezas que apontam para a grandeza de Deus. É inegável que há muita beleza ao nosso redor, mas nossos olhos destreinados acabam não percebendo. Talvez esse seja um chamado de Deus para você olhar para toda a beleza da criação e dar glórias e louvores ao Pai. O salmo 19 diz: “Os céus proclamam a glória de Deus, e o firmamento anuncia as obras das suas […]
11 de março de 2020

“Quem você agrada?”

“Porventura, procuro eu, agora, o favor dos homens ou o de Deus? Ou procuro agradar a homens? Se agradasse ainda a homens, não seria servo de Cristo” (Gálatas 1:10). O cristianismo nunca foi e nunca será fácil aqui no mundo caído. A vida do apóstolo Paulo é mais uma prova dessa verdade. Ele estava vendo os não apenas os cristãos das igrejas da Galácia sendo abandonando o evangelho de Cristo, seduzidos por um falso evangelho. Como, também, estava recebendo ataques contra a sua pessoa e apostolado. Alguns, provavelmente judaizantes, estavam acusando o apóstolo de usar seu ministério e a mensagem de Cristo para agradar a homens com fins pessoais. Tais acusações, se verdadeiras, não o colocaria na condição e posição de servo de Cristo, como ele mesmo indaga: “Se agradasse ainda a homens, não seria servo de Cristo”. Quando estudamos a vida de Paulo, descobrimos que tais acusações foram sem […]
10 de março de 2020

“Se você estiver só fingindo, pode parar agora mesmo”

Em Romanos 12:9 está escrito assim: “O amor seja sem hipocrisia. Detestai o mal, apegando-vos ao bem.” O que a Palavra de Deus nos recomenda é que não finjamos amar aos outros e que não façamos de conta que amamos aos nossos irmãos na fé em Cristo. Pelos ensinamentos das Escrituras, a verdade é que temos de odiar tudo que é mau, tudo que é errado, e, fingir que se ama alguém, que quer o seu bem, que o abençoa é mau, é errado, é evidência de que não se está em Cristo, e que ainda se está morto. A hipocrisia é uma encenação, é um teatro que acontece não em cima de um palco, não diante de uma plateia, mas é a dura realidade do fingimento e da mentira perante os olhos de Deus e das pessoas. O amor não combina com a hipocrisia. O amor é verdade, ele […]
9 de março de 2020

“Fé”

“Ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide; o produto da oliveira minta, e os campos não produzam mantimento; as ovelhas sejam arrebatadas do aprisco, e nos currais não haja gado, todavia, eu me alegro no SENHOR, exulto no Deus da minha salvação” (Habacuque 3.17-18) O texto de hoje nos traz uma das mais belas confissões de fé encontradas nas Escrituras. Neste texto, o profeta declara que, mesmo que a terra não produza mantimento, mesmo que os animais que produzem alimento desapareçam, mesmo que o suprimento das necessidades mais básicas lhe faltasse, ao invés de dar lugar ao desespero, blasfemar contra Deus e negar a fé, o profeta se alegraria, com grande satisfação, no Deus da sua salvação. É muito interessante o uso que o profeta faz da palavra “salvação”, pois esta palavra significa “libertação”, “resgate”, “segurança”, “bem-estar”, “prosperidade”, “vitória”. Como é possível sentir-se próspero e seguro […]
7 de março de 2020

“Instruções sobre a volta do Senhor (2)” (1 Ts 4.13-5.11)

3ª Instrução: Não sejamos ignorantes a respeito dos antecedentes da volta do Senhor cap. 5 (vs 1-3) O que as Escrituras dizem? O que precisamos saber sobre os tempos e as épocas? Veja o que as Escrituras dizem: Irmãos, relativamente aos tempos e às épocas, não há necessidade de que eu vos escreva; 2pois vós mesmos estais inteirados com precisão de que o Dia do Senhor vem como ladrão de noite (vs. 1,2). Como os homens se comportarão neste período, como serão pegos e qual será o destino dos ímpios vivos? Veja o que as Escrituras dizem: Quando andarem dizendo: Paz e segurança, eis que lhes sobrevirá repentina destruição, como vêm as dores de parto à que está para dar à luz; e de nenhum modo escaparão (v. 3). 4ª Instrução: Não sejamos ignorantes a respeito da nossa condição (vs. 4-11) O que as Escrituras dizem? Não estamos em trevas […]
6 de março de 2020

“Somos peregrinos (1)”

Pedro, escrevendo aos seus leitores, disse: “Aos eleitos de Deus, peregrinos, dispersos” (1Pe 1.1). A ideia de que os discípulos de Jesus são peregrinos é fantástica. Peregrino é alguém que reside temporariamente, é um estrangeiro visitante. Tem ainda a ideia de alguém que, exilado, vive em outro país. Todo discípulo de Cristo é um peregrino neste mundo. Está apenas de passagem neste mundo. Todo ser humano é um peregrino. Está neste mundo apenas de viagem para uma, cidade eterna. O destino final não é o mesmo para todos. Uns irão para o céu e outros, para o inferno. Todavia, todos estão em peregrinação neste mundo. Um dia, essa peregrinação findará e, então, não haverá mais peregrinos, pois, cada ser humano habitará eternamente, ou no céu ou no inferno. Há um livro, o livro da vida, onde Deus tem gravado o nome de todos os Seus eleitos. Um dia esse livro […]
5 de março de 2020

Decepção

“O longânimo é grande em entendimento, mas o de ânimo precipitado exalta a loucura.” (Provérbios 14.29) Cada indivíduo lida com a frustração de maneira diferente. Vale ressaltar que a frustração se dá por não atingirmos o nosso objetivo ou também pela postura de outros em relação a nós. Destacamos que ela pode se dar quando esperamos muito das outras pessoas e não somos correspondidos como esperávamos. A pessoa quando fica frustrada culpa a si mesma, a vida e até mesmo a Deus. O fato é que nem tudo acontecerá como você quer e muito menos no seu tempo. Em outras palavras, nem tudo sairá conforme você planejou. Chamo a sua atenção para o que realmente mais importa, visto que só se vive uma vez, faça a vida valer a pena. À medida que nos relacionamos com outras pessoas estamos sujeitos aos dissabores, portanto, a sua frustração pode ser do tamanho […]
4 de março de 2020

“Para não pecar contra ti”

Os verdadeiros cristãos não tem prazer em pecar contra Deus. O novo nascimento abre os nossos olhos para compreendermos a nossa situação de miséria e morte antes de Cristo, e a vermos o alto preço que ele pagou na cruz para que pudéssemos ter vida plena e abundante. Como poderíamos ter prazer em pecar contra aquele que por nós tudo fez? Mas o desejo de não pecar não é suficiente. É necessário que o filho de Deus use todas as ferramentas ao seu dispor para lutar contra a natureza humana pecaminosa. Pensando nisso, Davi nos dá um excelente conselho: “Guardo no coração as tuas palavras, para não pecar contra ti”. Se é do nosso coração que procedem as fontes de vida então é no coração que devemos semear a boa semente da Palavra de Deus. Não pecar contra Deus é o propósito de todo filho que ama o Pai, mas […]
3 de março de 2020

“Autoexame”

“Examinai-vos a vós mesmos se realmente estais na fé; provai-vos a vós mesmos. Ou não reconheceis que Jesus Cristo está em vós? Se não é que já estais reprovados” (2ª Coríntios 13.5) O propósito de Paulo para os cristãos, não somente para os coríntios, mas para todos os cristãos de todas as épocas e lugares do mundo era que todos alcançassem um alto nível de maturidade espiritual. Com esse claro objetivo, ele os chamou a um autoexame a fim de descobrirem a sua real condição espiritual. Contudo, para que o autoexame seja eficaz é extremamente importante ser sincero diante de Deus e consigo mesmo, haja vista a realidade do autoengano. Muitos se consideram crentes, simplesmente, porque vão às igrejas aos domingos e, maduros na fé, em razão dos muitos anos que possuem como membros de uma igreja local. Embora tudo isso faça parte da vida do cristão, pode também fazer […]
2 de março de 2020

“Deus está com o seu povo!”

Assim está escrito em Deuteronômio 4:7: “Pois que grande nação há que tenha deuses tão chegados a si como o SENHOR, nosso Deus, todas as vezes que o invocamos?” O servo de Deus, Moisés, enquanto líder e guia do povo de Israel que peregrinava pelo deserto para entrar na Terra Prometida, dedicou um bom tempo para relembrar muitos dos ensinamentos do Senhor e para ratificar que guardar e cumprir os mandamentos de Deus daria uma vida prolongada e muito abençoada a todos quantos O obedecessem. E uma das falas de Moisés objetivou levar todos os seus ouvintes a pensarem e atinarem para o quanto é essencial obedecer e servir ao Deus único e verdadeiro. Israel era um povo privilegiado e grandemente abençoado. Era o povo escolhido pelo Deus verdadeiro. Isso tinha de ser reconhecido. Para fazer esse povo pensar e chegar ao entendimento da importância de temer ao Senhor, Moisés […]
29 de fevereiro de 2020

“Cristo está voltando, está preparado para encontra-Lo?”

“Bem-aventurados aqueles que lavam as suas vestiduras [no sangue do Cordeiro], para que lhes assista o direito à árvore da vida, e entrem na cidade pelas portas. Fora ficam os cães, os feiticeiros, os impuros, os assassinos, os idólatras e todo aquele que ama e pratica a mentira”. (Apocalipse 22.14-15) No livro de Apocalipse, a expressão “venho sem demora”, referindo-se a Cristo, aparece 5 vezes, 3 destas no capítulo 22. Tal expressão enfatiza o fato de que Jesus, que prometeu voltar para buscar os seus (João 14.6), o fará sem demora. O texto de hoje diz que são felizes (bem-aventurados) aqueles que estão prontos para se encontrar com Cristo quando ele voltar. Estes são aqueles que tem as suas vestes lavadas. A Bíblia descreve o homem como estando sujo pelo pecado. Suas roupas se encontram rasgadas e imundas pela miséria na qual o pecado lhe lançou, porém Cristo, com o […]
28 de fevereiro de 2020

“Instruções sobre a volta do Senhor (1)”

Baseada em 1 Tessalonicenses 4.13-5.11. Como se dará a volta do Senhor Jesus? Será que as Escrituras nos fornecem instruções sobre isto? Vamos ver? 1 Instrução: Não sejamos ignorantes a respeito daqueles que morreram em Cristo vs. 13-14 • O que as Escrituras dizem? • O Senhor quer que tenhamos conhecimento a respeito dos que já morreram em Cristo e O Senhor não quer que sejamos como os ímpios que não tem esperança Veja o verso 13: Não queremos, porém, irmãos, que sejais ignorantes com respeito aos que dormem, para não vos entristecerdes como os demais, que não têm esperança. • O Senhor quer que tenhamos conhecimento que na volta de Jesus os mortos que morreram no Senhor voltarão com Ele. Veja o verso 14: Pois, se cremos que Jesus morreu e ressuscitou, assim também Deus, mediante Jesus, trará, em sua companhia, os que dormem. • Apesar do Texto não […]
27 de fevereiro de 2020

“Discípulo de Cristo (8)”

Em Suas palavras de despedida, Jesus disse: “Foi-me dada toda a autoridade nos céus e na terra. Portanto, vão e façam discípulos de todas as nações” (Mt 28.18-19). Pouco antes de voltar ao Pai, Jesus instruiu os Seus discípulos quanto ao conteúdo da mensagem a ser anunciada por eles. “Está escrito que o Cristo haveria de sofrer e ressuscitar dos mortos no terceiro dia, e que em seu nome seria pregado o arrependimento para perdão de pecados a todas as nações, começando por Jerusalém. Vocês são testemunhas destas coisas” (Lc 24.46-48). A autoridade de Jesus em enviar Seus discípulos ao mundo está fundamentada na Sua morte, ressurreição e volta ao Pai. A autoridade do discípulo de Cristo para pregar as boas novas de salvação aos pecadores está firmada na sua experiência do arrependimento, de voltar-se para Deus. E esta experiência somente ocorre pela ação graciosa e soberana de Deus. Somente […]
26 de fevereiro de 2020

“Bençãos nas provações”

“Meus irmãos, tende por motivo de toda alegria o passardes por várias provações, sabendo que a provação da vossa fé, uma vez confirmada, produz perseverança.” (Tg 1.2-3). O ensino deste versículo é maravilhoso, porque nos dá entendimento para uma grande e difícil questão da vida, o significado das nossas provações. É importante sabermos que provação é diferente de tentação. A provação é uma situação onde nossa fé é provada. Geralmente a provação acontece na forma de adversidades que se levantam contra nós. Por usa vez, a tentação, tem a ver com nossas vontades. A tentação nos seduz e nos induz ao pecado. A tentação não nos beneficia em nada; na verdade, quase sempre nos traz problemas, quando não a resistimos. Diferente, a provação, conforme nos ensina Tiago, quando confirmada produz perseverança, ou seja, colabora para o nosso crescimento humano e espiritual. Aproxima-nos mais de Deus. Somos como o ouro que […]
25 de fevereiro de 2020

“Intensidade”

Intensidade é a capacidade de fazer as coisas com força, vigor e grande vontade. As pessoas são intensas nas áreas da vida que mais gostam e amam. Pessoas que amam cuidar do corpo, o exercitam intensamente e diariamente. Pessoas que amam estudar fazem isso de maneira comprometida e vigorosa. Mas há uma área da vida de todo o cristão que precisa de mais intensidade e fervor. Estamos falando da oração. Paulo diz em Efésios 6.18: “com toda oração e súplica, orando em todo tempo no Espírito e para isto vigiando com toda perseverança e súplica por todos os santos”. Paulo exorta aqueles irmãos a intensificarem seus esforços na batalha contra as ciladas do diabo. Como se faz isso? Se dedicando a oração e súplica em todo o tempo no poder do Espírito. Todos concordam que os trabalhos mais negligenciados de uma igreja são os momentos de Estudo Bíblico e oração. […]
24 de fevereiro de 2020

“Preservando a santidade”

“Não vos ponhais em jugo desigual com os incrédulos” (2 Coríntios 6. 14). Paulo chama a considerarmos um assunto bastante importante, porém, quase sempre ignorado; “o perigo de mantermos alguns tipos de relacionamento”. Veja o que ele diz: “Não vos ponhais em jugo desigual com os incrédulos”. O que podemos aprender com isso? 1 – As palavras do apóstolo não nos são dadas como conselho ou sugestão, mas como ordem e uma ordem a ser observada continuamente. 2 – A proibição é para que não nos associemos com incrédulos. Não podemos nos colocar em jugo desigual com os incrédulos, e isto é para sempre. A expressão jugo desigual significa: estar ligado simultaneamente, andar lado a lado sob a mesma canga, alguém em jugo desnivelado. “Não vos ponhais em jugo desigual com os incrédulos” (2 Coríntios 6. 14). Paulo nos chama a atenção para considerarmos um assunto bastante importante, porém, quase […]
22 de fevereiro de 2020

“Não se afaste de Deus!”

Em ISAÍAS 31:6 está escrito assim: “Convertei-vos, pois, ó filhos de Israel, àquele de quem tanto vos afastastes.” Dentro da cidade de Jerusalém os aflitos habitantes crendo que a ajuda do Egito lhes garantia a tão desejada paz; ao seu redor, os muros, mas, ao redor desses muros, um poderoso exército inimigo muito bem armado, experiente, com sangue nos olhos e com muita vontade de matar. Os assírios queriam invadir Jerusalém e por fim à vida dos judeus e apagar a sua história. No lugar de suplicarem confiantemente ao Senhor pela Sua intervenção e ajuda, os de Jerusalém estavam esperançosos e apostando suas fichas na ajuda do exército do Egito. Jerusalém estava se apegando a muitas coisas e deixando o seu Deus de lado. Confiava até mesmo em ídolos fabricados com ouro e prata. Por causa disso, foram alertados: os egípcios são homens e não deuses. O Deus de Israel, […]
21 de fevereiro de 2020

“Crescimento para a salvação?”

“Despojando-vos, portanto, de toda maldade e dolo, de hipocrisias e invejas e de toda sorte de maledicências, desejai ardentemente, como crianças recém-nascidas, o genuíno leite espiritual, para que, por ele, vos seja dado crescimento para salvação, se é que já tendes a experiência de que o Senhor é bondoso” (1ª Pedro 2.1-3). O Apóstolo Pedro conclui o capítulo 1 falando que a palavra de Deus é eterna e, portanto, nela devemos fundamentar a nossa vida. Agora, Pedro nos diz como devemos nos colocar diante desta Palavra. A primeira coisa que ele diz é que existem coisas na nossa vida que precisam ser retiradas. É por isso que ele diz que devemos nos despojar de tudo aquilo que é pecaminoso, citando como exemplo a inveja, a maledicência, a hipocrisia, etc. Todo pecado desagrada a Deus, por isso deve ser eliminado. A coisa seguinte a fazer é olhar a Bíblia como uma […]
20 de fevereiro de 2020

“Qual é a sua dívida?”

“A ninguém fiqueis devendo coisa alguma, exceto o amor com que vos ameis uns aos outros; pois quem ama o próximo tem cumprido a lei… O amor não pratica o mal contra o próximo; de sorte que o cumprimento da lei é o amor” (Rm. 13:8 e 10) As estatísticas apontam que cerca de 40% dos brasileiros adultos possuem ao menos uma dívida que não conseguem quitar. Isso coloca 63 milhões de pessoas como inadimplentes, devedoras, o que sem dúvida não é nada bom. No texto de hoje aprendemos que há um tipo de dívida que recai sobre todos nós. Uma dívida que nos coloca na obrigação constante de amarmos uns aos outros. Mas, apesar de ser essa, uma dívida constante e perpétua, é uma dívida boa, saudável, que faz bem para todos. Por essa razão, o apóstolo Paulo adverte: “a ninguém fiqueis devendo coisa alguma, exceto o amor”. Contudo, […]
19 de fevereiro de 2020

“Deus restringe o mal na terra”

“Como está escrito: Não há justo, nem um sequer, 11 não há quem entenda, não há quem busque a Deus; 12 todos se extraviaram, à uma se fizeram inúteis; não há quem faça o bem, não há nem um sequer. 13 A garganta deles é sepulcro aberto; com a língua, urdem engano, veneno de víbora está nos seus lábios, 14 a boca, eles a têm cheia de maldição e de amargura; 15 são os seus pés velozes para derramar sangue, 16 nos seus caminhos, há destruição e miséria; 17 desconheceram o caminho da paz. 18 Não há temor de Deus diante de seus olhos” (Rm 3.10-18) A providência especial de Deus restringe o mal na terra e isto é um fato. O que mais me assombra é que as coisas poderiam ser bem piores se o Senhor não tivesse misericórdia dos seus eleitos que vivem aqui. Fico imaginando como será […]
18 de fevereiro de 2020

“Discípulo de Cristo (7)”

Viver como discípulo de Jesus significa viver em amor de uns para os outros. É um chamado para amar, mas um amor que tem como fonte e modelo o amor de Jesus pelos Seus discípulos. “Um novo mandamento lhes dou: Amem-se uns aos outros. Como eu os amei, vocês devem amar-se uns aos outros” (Jo 13.34). Como Jesus amou os Seus discípulos? Ele os amou, de tal maneira, que deu a Sua própria vida para salvá-los e lhes dar a vida eterna. É um amor de plena e completa dedicação. É um amor sacrificial. É muito importante considerar que, para que um pecador se torne um discípulo Dele, Jesus morreu em seu lugar. O amor que deve caracterizar os discípulos de Jesus tem como fonte o amor do Pai, do Filho e do Espírito Santo. É um amor que trabalha em benefício do pecador, um amor que se dá em […]
17 de fevereiro de 2020

“O exército do Senhor é mais forte”

“E ele disse: Não temas; porque mais são os que estão conosco do que os que estão com eles.” (2º Reis 6.16) Esse versículo mostra a resposta que Eliseu deu ao seu servo quando ele ao se levantar avistou sua cidade rodeada pelo exército dos inimigos, e assustado perguntou a Eliseu “o que fazer?!” Acredito que esta também é a resposta que Deus quer nos dar quando estamos cercados por problemas. Assim como Eliseu orou ao Senhor e pediu para que o Senhor abrisse os olhos do moço e fizesse com que ele visse que o exército do Senhor que estava ao seu lado, devemos orar e pedir para que o Senhor nos faça ver que Ele é forte, poderoso e que está acima de qualquer inimigo. Amém! Rev. Ronaldo Mendes (Pastor na 1ª IPC de Curitiba – PR)
15 de fevereiro de 2020

“Repouso tranquilo”

Como é bom colocar a cabeça no travesseiro e dormir. O sono é ao mesmo tempo prazeroso e necessário. Sem o sono restaurador, todas as outras atividades do dia ficam comprometidas. É comum pessoas que por não dormirem direito passem o dia irritadas, sobrecarregados, sonolentas e cansadas. O rendimento no trabalho é comprometido, as relações sociais são afetadas e, até mesmo, a capacidade cognitiva é prejudicada. É triste saber que muitas pessoas ao colocarem a cabeça no travesseiro não conseguem dormir, nem relaxar e descansar. Pessoas que entram na madrugada pensando nos problemas, alimentando a ansiedade, acelerando o cérebro na hora em que deveriam deixa-lo relaxá-lo. O salmista Davi diz no salmo 4: “Em paz me deito e logo pego no sono, porque, SENHOR, só tu me fazes repousar seguro”. Não eram dias tranquilos os de Davi ao escrever esse salmo. Eram dias de guerra, perseguição e traição. Mas em […]
14 de fevereiro de 2020

“Quando o desejo se torna cobiça”

Devocional que tem por base o texto de Tiago 4:1-10, destacando o versículo 2: “Cobiçais e nada tendes, matais, e invejais, e nada podeis obter; viveis a lutar e a fazer guerras. Nada tendes, porque não pedis;” Cobiça da carne significa ser dominado por seus apetites físicos, enquanto que por cobiça dos olhos significa ter a sua vida dominada pelo amor às coisas “belas” deste mundo. Reflita seriamente sobre as suas ambições e aspirações, e se pergunte: Sou uma pessoa ambiciosa? Você já se viu cobiçando algo como: um carro, estilo de vida confortável, status no trabalho, influência pessoal dentre outros aspectos? Tiago destaca as atitudes erradas na medida em que os nossos desejos estão contaminados: carnalidade, contenda e inveja. De acordo com o texto existem muitas razões pelas quais Deus nega o pedido de uma pessoa. De acordo com Tiago, qual é a razão para Deus dizer não a […]
13 de fevereiro de 2020

“Recebemos dons”

Em 1ª CORÍNTIOS 14:12 está escrito assim: “Assim, também vós, visto que desejais dons espirituais, procurai progredir, para a edificação da igreja.” A Palavra de Deus é bastante clara ao afirmar que cada filho de Deus recebe um dom do Espírito Santo. Cada filho de Deus tem uma capacidade muito especial para servir a Deus na Sua Obra e na Sua casa. Todos os filhos de Deus têm dons, mas nenhum filho tem todos os dons. É claro que esse dom é uma capacidade que não é da pessoa, é dom do ES, é concedido, é dado pelo ES. O dom que um filho de Deus tem não é para ser usado para sua própria honra ou para sua glória. Não é para se mostrar e para fazer propaganda de si mesmo. Não é para fazer com que se sinta superior ou melhor no reino de Deus, mas é para […]
12 de fevereiro de 2020

“De que lado você está?”

“Sabemos que somos de Deus e que o mundo inteiro jaz no Maligno” (1ª João 5:19) Os crentes em Cristo sabem que pertencem a Deus, foram criados por Ele e comprados por alto preço: “sabendo que não foi mediante coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados do vosso fútil procedimento que vossos pais vos legaram, mas pelo precioso sangue, como de cordeiro sem defeito e sem mácula, o sangue de Cristo,” (1ª Pedro 1: 18-19). Isto significa que a vida deve ser conduzida de modo que honre e glorifique a Deus; não parte da vida, mas toda ela: “Porque fostes comprados por preço. Agora, pois, glorificai a Deus no vosso corpo”. (1ª Coríntios 6:20). O mundo, ao contrário, jaz no maligno, ou seja, está morto pelo domínio do pecado. Desde a queda registrada em Genesis 3, o mundo jaz em podridão. O grande problema é quando se começa […]
11 de fevereiro de 2020

“Ingratidão ou Esquecimento?”

O Salmo 78 é uma parábola de louvor para instrução dos filhos sobre os louvores do SENHOR, e o seu poder, e as maravilhas que fez em favor do seu povo (cf. verso 4). Na primeira parte do salmo, Asafe apresenta uma extensa lista das grandes coisas que Deus havia feito pela nação de Israel. E então lemos essas palavras: “Ainda assim, tentaram o Deus Altíssimo, e a ele resistiram, e não lhe guardaram os testemunhos. Tornaram atrás e se portaram aleivosamente como seus pais; desviaram-se como um arco enganoso” (vv. 56 e 57). O que vemos nesses versos é uma demonstração de ingratidão ou evidência de “memória curta”? Vejam que o salmista está dizendo que depois de todo o poder, graça e misericórdia que receberam, eles continuaram a ignorar os mandamentos divinos e se curvaram diante dos ídolos. Seria esse um problema apenas daquela geração? O que o salmista […]
10 de fevereiro de 2020

“Que é o pecado para você?”

O Catecismo Maior do Westminster pergunta 24 define pecado da seguinte forma Que é pecado? R: Pecado é qualquer falta de conformidade com a lei de Deus, ou a transgressão de qualquer lei por Ele dada como regra, à criatura racional. Observe que temos duas definições para o pecado, indicando a realidade dos dois livros que as duas revelações trazem. Revelação especial e seu livro: As Escrituras; Revelação Geral e seu livro: As leis postas por Deus na natureza a quem Kuyper em seu livro Calvinismo na pag. 78 chama: Ordenanças de Deus. Comentando sobre estas ordenanças, ele diz: O que então o Calvinismo quer dizer por sua fé nas ordenanças de Deus? Nada menos que a convicção firmemente enraizada de que toda vida tem estado primeiro nos pensamentos de Deus, antes de vir a ser realizada na Criação. Por isso, toda vida criada necessariamente traz em si mesma uma […]
8 de fevereiro de 2020

“Discípulo de Cristo (6)”

“Se alguém se envergonhar de mim e das minhas palavras, o Filho do homem se envergonhará dele, quando vier em sua glória e na glória do Pai e dos santos anjos” (Lc 9.26). Além de negar-se a si mesmo, tomar diariamente a sua cruz e seguir a Jesus, o verdadeiro discípulo jamais deve se envergonhar do seu Mestre. O discipulado do cristão tem início no momento da sua conversão a Deus. E, no texto acima mencionado Jesus fala da Sua volta. Todavia, há uma situação tremendamente interessante: todo aquele que se envergonhar Dele, durante toda a sua peregrinação, o Senhor Jesus também se envergonhará dele na presença do Pai. São duas situações, sendo que uma traz consequências para toda a eternidade. Se alguém diz ser discípulo de Jesus e se envergonha Dele, revela que, na verdade, jamais foi discípulo do Mestre. Porém, Jesus se envergonhar de alguém que se envergonha […]
7 de fevereiro de 2020

“Jovem, onde você tem aplicado a sua força?”

“… Jovens, eu vos escrevi, porque sois fortes, e a palavra de Deus permanece em vós, e tendes vencido o Maligno” (1ª João 2.14). Os jovens de fato são fortes, pois estão na plenitude da idade. No entanto, o que eles fazem com toda esta força? Se entregam à promiscuidade? Vão a baladas? Gastam seus dias em videogames, internet, séries, etc? Praticam esportes, estudam, trabalham? Algumas das alternativas acima são clara e indiscutivelmente pecaminosas e destrutivas, mesmo havendo aqueles que não conseguem enxergar isto. Já outras são proveitosas, porém também podem vir a ser pecaminosas quando afastam o jovem de Deus; quando estudar ou trabalhar é mais importante do que desenvolver a vida com Deus. Ainda que isto possa ser chamado de força física, não é força de verdade. Quando o jovem é, de fato, forte? Quando usa sua força para fazer com que a Palavra de Deus esteja nele, […]
6 de fevereiro de 2020

“Esqueça o passado e siga em frente”

Quantas vezes nos pegamos olhando para o passado, e pensando em como faríamos certas coisas diferentes se tivéssemos uma nova oportunidade. Muitas palavras seriam ditas, enquanto outras, evitadas. Certamente repararíamos muitos erros, passaríamos mais tempo com os nossos pais e filhos, e é assim que desperdiçamos boa parte da nossa vida. Tentando voltar para o passado e fazer diferente, mesmo sabendo que isso é impossível. O passado tem a sua importância e a sua relevância, mas é inegável que ele não pode ser revivido. O que passou, passou e não voltará. Os nossos pecados do passado devem ser confessados, e depois de perdoados esquecidos e deixados para trás. Se por um lado o passado já ficou para trás, o presente e o futuro estão diante de nós para serem vividos com sabedoria. Em Filipenses 4.13 Paulo diz: “… uma coisa faço: esquecendo-me das coisas que para trás ficam e avançando […]
5 de fevereiro de 2020

“Derrote a Desesperança” (Lm 3.22-66)

No verso 21 do texto de hoje lemos: “Quero traze à memória o que me pode dar esperança” A diferença entre o avanço e a prostração está diretamente ligada ao modo como o indivíduo encara os seus erros. Um pensador afirmou certa vez que: “o fracasso é uma taxa que pagamos para o sucesso”. A experiência de Jeremias era de aflição e fracasso. Por volta de 588 a.C. a Babilônia foi usada como instrumento de Deus para disciplinar Israel pela sua rebeldia. A questão é: como vencer a desesperança? DEUS É MISERICORDIOSO (Verso 22) – “Misericórdia”: sentimento do coração de Deus pela miséria do homem (Colocar o coração na miséria de outrem). Sendo assim, preciso te dizer que a) Deus conhece a tua dor; b) Deus sabe o que motiva a tua tristeza. No NT Deus é descrito pelo apóstolo Paulo como o Deus de toda consolação (2 Coríntios 1.3). […]
4 de fevereiro de 2020

“Cristãos não ficam descalços”

Em Efésios 6:15 está escrito assim: “Calçai os pés com a preparação do evangelho da paz;” Nos tempos romanos, tempo esse considerado pelo apóstolo Paulo para fazer essa citação sobre a armadura de um soldado, aquele que usava um tipo de sandália com cravos nas solas ficava mais firme e não deslizava, pois isso lhe dava segurança. O soldado romano usava umas botas que tornavam a sua marcha muito mais firme. E foi para destacar a importância da firmeza que o cristão precisa que Paulo fez essa incrível comparação. Quando o cristão anda no caminho do Evangelho, da sua mensagem e dos seus ensinamentos, ele fica firme para pregar. Precisamos mencionar o texto de Isaías 52:7. Nele está escrito: “Que formosos são sobre os montes os pés do que anuncia as boas-novas, que faz ouvir a paz, que anuncia coisas boas, que faz ouvir a salvação, que diz a Sião: […]
3 de fevereiro de 2020

“Como você está em relação à verdade?”

“Vós corríeis bem; quem vos impediu de continuardes a obedecer à verdade?” (Gl. 5.7) O apóstolo Paulo escreve esta carta aos crentes da Galácia especialmente para tratar de ensinos que estavam sendo transmitidos a eles e que eram contrários ao verdadeiro evangelho. No entanto, queremos hoje usar este texto para pensar naqueles que já estiveram envolvidos com a igreja, mas que agora não estão fazendo isto da mesma forma. Infelizmente, há aqueles que já estiveram bem na igreja, assumiram responsabilidades e se aplicavam em cumpri-las, mas que, com o passar do tempo, vão esfriando, frequentam a igreja cada vez menos, leem a Bíblia cada vez menos, oram cada vez menos. A pergunta que o texto nos faz é: “o que nos impediu de continuar obedecendo à verdade?” Por que alguém que se tornou membro da igreja, professou a sua fé, assumiu um compromisso com Deus e com a igreja de […]
1 de fevereiro de 2020

“Como a comunhão cristã se manifesta?”

“Ora, nós que somos fortes devemos suportar as debilidades dos fracos e não agradar-nos a nós mesmos. Portanto, cada um de nós agrade ao próximo no que é bom para edificação. Porque também Cristo não se agradou a si mesmo; antes, como está escrito: As injúrias dos que te ultrajavam caíram sobre mim. Pois tudo quanto, outrora, foi escrito para o nosso ensino foi escrito, a fim de que, pela paciência e pela consolação das Escrituras, tenhamos esperança. Ora, o Deus da paciência e da consolação vos conceda o mesmo sentir de uns para com os outros, segundo Cristo Jesus, para que concordemente e a uma voz glorifiqueis ao Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo” (Romanos 15. 1-6) Será que as Escrituras nos dizem como deve ser a Comunhão Cristã? SIM! As Escrituras nos instruem sobre a maneira correta dos santos se portarem uns com os outros, e […]
30 de janeiro de 2020

“Discípulo de Cristo (5)”

Ser discípulo de Jesus é ser chamado para um desafio, pois, além de negar-se a si mesmo, tomar, diariamente, a sua cruz, há também um chamado para seguir Jesus. Não é um chamado simples, mas é um privilégio ser chamado para seguir Jesus. O discípulo não deve seguir Jesus por causa dos Seus ensinos ou pelos milagres que Ele realizou, mas, porque Jesus deu a Sua vida pelos Seus discípulos. Os Seus ensinos são fundamentais, pois, é por eles que aprendemos a obedecer ao Senhor e a andar nos caminhos de Deus. Os milagres operados por Jesus autenticam que Ele é Deus e confirmam Suas mensagens. Para seguir Jesus é preciso saber quem Ele é. É preciso conhecer e crer que Jesus é “O Cristo de Deus” (Lc 9.20). Jesus, de uma maneira muito interessante diz: “Siga-me”. Ele se apresenta e diz quem os discípulos devem seguir: Ele. É como […]
29 de setembro de 2017

PASTORAL 2017

COLOCANDO A IGREJA EM BOA ORDEM Reverendo Márcio Willian Chaveiro – Pastoral de 2017   “Por esta razão, te deixei em Creta, para que pusesses em ordem as coisas restantes, bem como, em cada cidade, constituísses presbíteros, conforme te prescrevi:” (Tito 1.5) Durante esse quadriênio a Igreja Presbiteriana Conservadora do Brasil comemorou 75 anos de sua fundação. É uma história rica, de defesa teológica rigorosamente ortodoxa, como expressa a introdução da nossa Constituição e Ordem. Muitos desafios surgiram desde 1940 que devem provocar em nós reflexões e ações. Alguns desafios são os mesmos que enfrentaram nossos pais em 1940 e nos anos seguintes, que facilmente podem ser observados nas pastorais anteriores, os quais destacamos os seguintes pontos: firmeza teológica e fortalecimento dos púlpitos; unidade da igreja e crescimento numérico através do evangelismo e missão. Existem fatores culturais e sociais em nossa nação que naturalmente afrontam direta ou indiretamente a nossa […]
28 de junho de 2017

PASTORAL 2013

PASTORAL 2013 FIRMADOS NAS VEREDAS ANTIGAS Amados irmãos! “…Graça a vós e paz da parte daquele que é, e que era, e que há de vir…” (Ap. 1:4) Decorridos 73 anos em que o pendão da nossa querida igreja passou a tremular em nossa pátria, estamos hoje aqui, dando prosseguimento ao trabalho de nossos pais conservadores. Certamente passa por todos nós o sentimento de honra e de grande responsabilidade dar continuidade a história dessa amada Igreja. Diante de tão grande responsabilidade faz-se necessário refletir-mos sobre o caminho que estamos trilhando. “Ponde-vos à margem no caminho e vede, perguntai pelas veredas antigas, qual é o bom caminho; andai por ele e achareis descanso para a vossa alma; mas eles dizem: Não andaremos” (Jeremias 6:16). Jeremias, arauto de Deus em sua geração, viveu numa época de grandes tribulações e tragédias. Uma época de crise política, moral e espiritual. A sua nação passava […]
28 de junho de 2017

PASTORAL 2009

PASTORAL DA ASSEMBLÉIA GERAL DA IGREJA PRESBITERIANA CONSERVADORA DO BRASIL ÀS IGREJAS DE SUA JURISDIÇÃO Amados irmãos! A graça de Nosso Senhor Jesus Cristo, o amor de Deus Pai e a Comunhão do Espírito Santo sejam sempre convosco. II Co. 12:13 Graças ao bom Deus chegamos a primeira reunião da Assembléia Geral da Igreja Presbiteriana Conservadora do Brasil, ocasião esta propícia a agradecermos os feitos até aqui, sempre sob a boa mão do Senhor, bem como é tempo de avaliarmos nossos níveis reais de desenvolvimento, crescimento e acertarmos os rumos do nosso viver cristão denominacional a fim de enfrentarmos os novos desafios que nos estão propostos. No próximo ano completaremos 70 anos de existência em solo pátrio, data que deve ser comemorada como marco histórico em nossa caminhada. Nos dias atuais, mais do que nunca necessitamos manter firmes os princípios bíblicos e a defesa do Evangelho. Portanto, nossa igreja tem […]
28 de junho de 2017

PASTORAL 2006

UMA POSIÇÃO. UM DESAFIO (Pastoral 2006) Rev. José Paulo Brocco   Quando o povo de Israel, depois de peregrinar quarenta anos, atravessa o Jordão, toma doze pedras. Josué diz à nação a razão desse ato. “Quando, no futuro, vossos filhos perguntarem a seus pais, dizendo: Que significam estas pedras?, fareis saber a vossos filhos, dizendo: Israel passou em seco este Jordão. Porque o Senhor, vosso Deus, fez secar as águas do Jordão diante de vós, até que passásseis, como o Senhor, vosso Deus, fez ao mar Vermelho, ao qual secou perante nós, até que passamos. Para que todos os povos da terra conheçam que a mão do Senhor é forte, a fim de que temais ao Senhor, vosso Deus, todos os dias.” (Js 4.21-24). A história da nação de Israel adverte-nos que os pais, inúmeras vezes, deixaram de transmitir a seus filhos os grandes feitos do Senhor. Talvez os filhos, […]
28 de junho de 2017

PASTORAL 2003

PASTORAL – JULHO 2003 Rev. Flávio Antônio Alves da Costa   “A Igreja, na verdade, tinha paz por toda a Judéia, Galiléia e Samaria, edificando-se e caminhando no temor do Senhor, e, no conforto do Espírito Santo, crescia em número.” At 9.31 Amados irmãos conservadores, temos trilhado por um caminho comum, mantido uma só fé, praticado um só batismo, desde a muito , ou seja, são 63 anos de lutas árduas e de manutenção de alvos maiores que os pessoais, içando a bandeira da ortodoxia quanto aos ensinos da Palavra de Deus, sem nunca nos esquecer da piedade cristã, em nossa Pátria.   Os tempos atuais, amados irmãos, não são diferentes e nem piores que aqueles que os nossos pródromos viveram (protagonizaram) nos idos dos anos 30 e 40. Eles se mobilizaram em torno de uma causa comum, mas desgastante e exigente, a defesa da fé cristã exarada da Palavra […]
28 de junho de 2017

PASTORAL 2000

“Firmando os Marcos Antigos” Pastoral – Julho de 2000 Rev. Welerson Alves Duarte   “Firmando os Marcos Antigos”. “Não removas os marcos antigos que puseram teus pais.” (Pv 22.28). Estamos distantes 60 anos de quando nossos pais puseram os marcos na fundação da Igreja Presbiteriana Conservadora do Brasil. Estes marcos estabeleceram a identidade desta igreja e assim dão razão à sua existência como denominação. Nesses sessenta anos Deus tem levantado servos fiéis que batalharam pela fé. Muitos destes já partiram, tendo cumprido sua carreira. Não poderíamos deixar de mencionar ao menos aqueles que mais recentemente foram chamados pelo Senhor, como os Presbs. Sebastião Rodrigues dos Santos e Naul Steffen e, estando entre nós nesta reunião, o Presb. Ricardo Krentzenstein Filho. Estes cumpriram sua carreira; nós, porém, aqui ainda estamos e não podemos esmorecer. Pesa sobre nossos ombros esta honrosa responsabilidade. Estamos às portas do Século XXI e a Igreja de […]
28 de junho de 2017

PASTORAL 1997

A BATALHA CONTINUA (PASTORAL 1997 – Rev.  Edival José Vieira)   Cinqüenta e sete anos já se passaram desde que a bandeira do conservantismo presbiteriano foi erigida no solo de nossa pátria. Hoje, já passadas mais de cinco décadas, continuamos na trilha de nossa denominação, no propósito de manter essa bandeira içada num lugar de destaque, testemunhando, dessa forma, que continuamos na batalha da fé que uma vez foi dada aos santos. Entendemos que essa bandeira não pode ser substituída e nem a nossa batalha pode mudar a sua ênfase. Não é tempo de mudarmos os marcos antigos (Pv 22:28), mas é tempo de firmarmos cada vez mais estes marcos (Is. 54:2); não é tempo de cavarmos novos poços à procura de uma nova água, mas é tempo de tirarmos os entulhos dos antigos e nos abeberarmos da antiga água (Gn 26:18,19); não é tempo de procurarmos novos caminhos para […]
28 de junho de 2017

PASTORAL 1994

PASTORAL 1994 Rev. Luiz Antônio Gomes da Silva   “… Antes santificai a Cristo, como Senhor em vossos corações; e estai sempre preparados para responder com mansidão e temor a qualquer que vos pedir a razão da esperança que há em vós; Tendo uma boa consciência, para que, naquilo em que, falam mal de vós como de malfeitores, fiquem confundidos os que blasfemam do vosso bom porte em Cristo.” (1Pe 3.15,16).   Amados irmãos, Temos no presente texto da Palavra de Deus, a exortação do apóstolo Pedro, quanto à necessidade de buscarmos a nossa santificação, para que estejamos devidamente preparados para respondermos, com toda a segurança, aos nossos inquiridores, a respeito da fé que anunciamos em Cristo, a qual é a razão da esperança que há em nós. Jamais poderemos enfrentar, vitoriosamente, nossos adversários, se formos merecedores de castigo. O nosso bom procedimento em Cristo haverá de ser sempre a […]
28 de junho de 2017

PASTORAL 1983

PASTORAL 1983   Amados irmãos: “Que a graça do Senhor Jesus Cristo, e o amor de Deus, e a comunhão do Espírito Santo sejam com todos vós.”  (II Cor. 12.13) Quis a misericórdia de nosso bondoso Deus que a Igreja Presbiteriana Conservadora, à qual pertenceis, vencesse mais um triênio na sua trajetória vitoriosa e abençoada, sob a bandeira do conservantismo doutrinário. 43 anos são decorridos desde o final da controvérsia doutrinária no seio da Igreja mãe, da qual resultou a formação desse novo ramo da Igreja de Cristo. É mais uma vez o momento para a reflexão, para a reafirmação de princípios, para a retomada de propósitos, para a delineação de novos planos para o futuro. É, portanto, mister que lancemos nossos olhares para o passado, para o presente e para o futuro, a fim de que conheçamos bem nossa herança, verifiquemos nossa condição atual e compreendamos nossas possibilidades.   […]
28 de junho de 2017

PASTORAL 1980

PASTORAL 1980               Amados irmãos em Cristo   Pela graça e misericórdia de Deus, a Igreja Presbiteriana Conservadora do Brasil chega aos quarenta anos de existência. Vencendo obstáculos aparentemente intransponíveis, percorrendo estradas perigosas, fincando balizas em pontos os mais diversos em nossa pátria, completará a nossa querida igreja mais um aniversário, no próximo dia 11 de fevereiro, estabilizada e dinâmica em seus propósitos. Chamamos a atenção de cada presbiteriano conservador para os seguintes pontos:   Posição doutrinária   A nossa igreja surgiu, pela graça de Deus, em nosso país, caracterizada por rigorosa ortodoxia e eminente posição bíblica, defendendo a pureza da doutrina das Sagradas Escrituras e declarando-se fiel aos símbolos doutrinais do presbiterianismo, consubstanciados na Confissão de Fé e nos catecismos de Westminster. É, portanto, uma igreja rigorosamente presbiteriana, cuja mística é o conservantismo doutrinário, em consonância com o nome que adotou. A bandeira presbiteriana Conservadora desfraldada pelo grupo […]
28 de junho de 2017

PASTORAL 1977

PASTORAL – 1977 Rev. Israel Cardoso   Amados irmãos da Seara Conservadora “Graça damos a Deus, Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, orando sempre por vós.” (Cl 1.3)   Com muita alegria e expectativa chegamos ao final de mais uma etapa em nossa jornada eclesiástica. Com esse estado de ânimo, nossos corações se voltam para a mensagem de Isaías 54.2, como que a fazer um balanço de tudo o que, pela graça de Deus, temos alcançado: “Amplia o lugar da tua tenda, e as cortinas das tuas habitações se estendam: não o impeças; alonga as tuas cordas e firma bem as tuas estacas.” No dia 11 de fevereiro nossa querida Igreja completa 37 anos de abençoada existência. Muitas foram até aqui as lutas enfrentadas, mas grandes têm sido as vitórias por ela alcançadas. O que temos feito? O que temos deixado de fazer? Gozamos de uma sólida posição doutrinária, comprovada […]
28 de junho de 2017

PASTORAL 1974

IGREJA   PRESBITERIANA    CONSERVADORA    DO   BRASIL PASTORAL 1974   Amados irmãos da Seara  Conservadora.   “GRAÇA A VÓS E PAZ DA PARTE DE DEUS NOSSO PAI E DA DO SENHOR JESUS CRISTO.” 2Co 1.2   A Junta Administrativa do Sínodo da Igreja Presbiteriana Conserva­dora do Brasil, encarregada de apresentar a Pastoral a todas as suas igrejas e obreiros, vem, prazeirosamente, desincumbir-se de sua missão, rogando a Deus que abençoe as suas palavras de incentivo, exortação e conforto.   GRATIDÃO E LOUVOR “Bendize, ó minha alma, ao Senhor, e tudo o que há em mim bendiga o seu santo nome. Bendize, ó minha alma, ao Senhor, e não te es­queças de nenhum de seus benefícios.” – Salmo 103.1,2. Devemos ser gratos a Deus e louvá-Lo pela garantia do perdão dos nossos pecados e a certeza da salvação para a vida eterna em comunhão com Ele. (Romanos 5.1,2) Devemos ser gratos a Deus […]
28 de junho de 2017

PASTORAL 1971

PASTORAL 1971 Mais uma etapa acaba de ser vencida em nossa jornada eclesiástica. Olhando para trás só nos cumpre afirmar: “Até aqui nos ajudou o Senhor”. Não fôra o Senhor, não tivesse Ele abençoado a nossa Igreja, chegaríamos ao presente em condições toa lisonjeiras e animadoras como se constatou? Que faríamos pela evangelização pátria, pela pureza do Evangelho e defesa das doutrinas fundamentais, se somos ainda poucos e modestos? Vencemos, no entanto, porque o Senhor da seara esteve e está ao nosso lado. Foi Ele quem triunfou por nós. Glória ao Senhor. Queridos irmãos e companheiros da peleja sagrada. Nós vos apresentamos os mais sinceros aplausos pela vossa fé inquebrantável na Palavra de Deus, que foi “a lâmpada para os vossos pés e luz para os vossos caminhos”,  a vossa única regra de fé e prática, e o alimento suficiente para sustento da vossa vida espiritual; agradecemos a vossa confiança […]
28 de junho de 2017

PASTORAL 1968

PASTORAL 1968 Rev. Armando Pinto de Oliveira   Amados em Cristo. Reunidos como Sínodo da Igreja Presbiteriana Conservadora do Brasil, vossos representantes no exercício da autoridade eclesiástica suprema de nossa amada denominação, julgamos necessário dirigir-vos, ao final dos nossos trabalhos, uma palavra de exortação e advertência. Estamos vivendo, sem dúvida alguma, os dias que precedem o desencadeamento dos fatos que hão de nos conduzir à vitória final. Sentimo-nos felizes em viver estes dias e presenciar o cumprimento exato de muitas profecias proclamadas pela Palavra de Deus, que nos tem sido fonte inexaurível e bênçãos e guia seguro em nossa jornada. O que, porém, mais nos deve impressionar em meio aos acontecimentos que se precipitam, e ao meditarmos sobre essas profecias, é o perigo a que estamos expostos. O perigo de sermos enganados, iludidos, desviados, pelos falsos mestres que enxameiam o mundo dito cristão da atualidade. “Acautelai-vos, que ninguém vos engane.” […]
28 de junho de 2017

PASTORAL 1965

PASTORAL – 1965   Rev. Antonio Gonçalves de Oliveira   Prezados irmãos, “Se não fora o Senhor que esteve ao nosso lado, ora diga Israel; se não fora o Senhor que esteve ao nosso lado, quando os homens se levantaram contra nós eles teriam então nos engolido vivos, quando a sua ira se acendeu contra nós.” (Sl 124.1-3) Pela vontade humana, há muito que teríamos sucumbido. O prazer incontido do adversário seria ver-nos soterrados sob a avalanche dos nossos próprios problemas e dificuldades. Não acreditavam, em nenhum instante, que um punhado de bravos pudesse manter bem alto, e por tanto tempo, o pendão real colocado em suas mãos, devido a firmeza doutrinária que sucumbiu com a separação de 1940. A verdade sublime do Salmo 20 salta aos nossos olhos, penetra em nossos corações, falando à nossa alma, quando encontramos nos versículos set e oito: “Uns confiam em carros e outros […]