Devocionais

20 de novembro de 2019

“Além da dor”

“Se eu falar, a minha dor não cessa; se me calar, qual é o meu alívio?” (Jó 16.6) Como é difícil lidar com o sofrimento. Não há um manual, ou uma fórmula pronta que possam ser aplicada infalivelmente. De acordo com Jó, não faz diferença se falamos ou ficamos em silêncio. A dor ainda está lá. Se tentamos nos defender diante das pessoas, somos reprovados e, se não há tentativa de defesa, a dor continua. Nem mesmo se colocamos a causa diante de Deus a dor some. A diferença neste caso é que recebo o conforto do Senhor. Então, se não há o que falar e nem mesmo vantagem no calar, é preciso lembrar que toda dor nosso Senhor Jesus tomou sobre si. Isto quer dizer que para o crente em Cristo toda dor um dia terá fim. Quando Cristo vier ele enxugará dos olhos toda lágrima. Assim, a esperança […]
19 de novembro de 2019

“Fonte inesgotável”

“Porque dois males cometeu o meu povo: A mim me deixaram, o manancial de águas vivas, e cavaram cisternas, cisternas rotas, que não retêm as águas” (Jeremias 2:13) Se a fidelidade é uma das características do Deus da aliança, o povo de Israel, por outro lado, tinha como marca principal a infidelidade. São muitos os registros nos quais vemos os profetas desafiando a nação de Israel para que parasse de desprezar a aliança e para que voltasse para o SENHOR. Vemos o povo da aliança sendo chamado à fidelidade a Deus. Considerando o texto de Jeremias 2:13, não estamos diante de uma situação hipotética ou especulativa, mas diante de um quadro em que o profeta Jeremias aponta de forma direta a condição de Israel que endureceu o seu coração e, com isso, passou a viver como se o SENHOR não existisse (num ateísmo prático). Para fazer as denúncias que fez […]
18 de novembro de 2019

“Deus não gosta de arrogantes!”

“Não multipliqueis palavras de orgulho, nem saiam cousas arrogantes da vossa boca; porque o Senhor é o Deus da sabedoria e pesa todos os feitos na balança” (1º Samuel 2:3) Como bem sabemos da história que é registrada no AT sobre essa mulher, que sendo casada, estéril, buscou intensa e constantemente a Deus a fim de que fosse alvo da misericórdia e graça do Senhor. Essa mulher era Ana e foi ela quem proferiu as palavras citadas na abertura dessa meditação. Ela tinha um sonho apenas, que era poder engravidar e dar enfim um filho ao seu marido Elcana. Ela queria que sua esterilidade fosse revertida e que seu quadro fosse mudado. Ficava sem comer de tristeza, subia ao templo com constância, tudo por causa de sua ansiedade. Ela até disse a Deus que se fosse atendida e engravidasse e tivesse um filho que o devolveria a Deus, ou seja, […]
16 de novembro de 2019

“Por que creio em Deus?”

Você não crê em Deus porque você quer cre ou, porque um dia você decidiu crer Nele. Crer em Deus não é uma decisão pessoal. Talvez isso seja uma ofensa ao homem, em seu estado natural, isto é, sem Deus. O homem é um ser religioso, todavia, isso não significa que seja uma pessoa que creia verdadeiramente em Deus. “Porque, tendo conhecido a Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe renderam graças, mas os seus pensamentos tornaram-se fúteis e o coração insensato deles obscureceu-se” (Rm 1.21). Embora o homem seja religioso, sem Deus, ele vive num profundo desespero e, por causa disso, a idolatria governa sua vida. “Trocaram a verdade de Deus pela mentira, e adoraram e serviram a coisas e seres criados, em lugar do Criador, que é bendito para sempre. Amém” (Rm 1.25). Ser religioso não é sinônimo de ser temente a Deus. Crer em Deus é […]
15 de novembro de 2019

“Deus é Soberano e Absoluto!”

“Ao Senhor pertence a terra e tudo o que nela se contém, o mundo e os que nele habitam. Fundou-a ele sobre os mares e sobre as correntes a estabeleceu” (Salmo 24.1-2) A Grande dificuldade em aceitar certas doutrinas Bíblicas não é por questão hermenêutica, mas sim uma razão conceitual. Muitos cantam que Deus é soberano, mas na verdade pensam que Ele não passa de uma espécie de presidente que está fazendo certas coisas que foram determinadas fora dele, e não por Ele. Exemplo, muitos não aceitam a eleição e a predestinação por julgá-las moralmente erradas. Mas como podem pensar assim? Por acaso moralidade e correção são determinadas por alguém além de Deus? E se fosse, como esse “pretenso ser” se sente no poder para subjugar a Deus e os seus pressupostos? A dificuldade em entender que a lei é Divina, que o conceito do correto se encontra em Deus, […]
14 de novembro de 2019

“Lidando corretamente com a traição”

“Só pensam em derribá-lo da sua dignidade; na mentira se comprazem; de boca bendizem, porém no interior maldizem” (Salmo 62.4) Davi foi alguém que soube o que era ser traído. Seu rei tentou matá-lo fingindo-se de amigo; seu amigo e conselheiro Aitofel o traiu; Absalão, seu filho o traiu; e, já no final de sua vida, Joabe e Abiatar, que sempre estiveram ao lado de Davi, o traíram constituindo Adonias como rei em lugar de Salomão. Em algum momento da vida, talvez quando da rebelião de Absalão, Davi escreve este Salmo. No texto de hoje Davi diz que há aqueles que se esforçam por derrubar pessoas de sua dignidade. Difamam, caluniam, armam ciladas e destroem a reputação de pessoas. Segundo Davi, eles têm prazer na mentira; se não encontrarem defeitos para propagar, vão mentir e inventar. Creio que o clímax está na frase final: eles bendizem, são amigos, têm palavras […]
13 de novembro de 2019

“Honra e Respeito”

“O filho honra o pai, e o servo, ao seu senhor. Se eu sou pai, onde está a minha honra? E, se eu sou senhor, onde está o respeito para comigo? – diz o SENHOR dos Exércitos a vós outros, ó sacerdotes que desprezais o meu nome. Vós dizeis: Em que desprezamos nós o teu nome? Ofereceis sobre o meu altar pão imundo e ainda perguntais: Em que te havemos profanado? Nisto, que pensais: A mesa do SENHOR é desprezível” (Malaquias 1:6-7) Nenhuma outra nação foi tão abençoada e amada por Deus como o Israel do Antigo Testamento. É fácil perceber esse tão grande amor ao considerar a história dos hebreus. O próprio profeta Malaquias registrou uma declaração: “Eu vos tenho amado, diz o SENHOR;… Não foi Esaú irmão de Jacó? – disse o SENHOR; todavia, amei a Jacó, porém aborreci a Esaú; e fiz dos seus montes uma assolação […]
12 de novembro de 2019

“Guardando no coração a palavra de Deus”

As coisas mais importantes da nossa vida nós guardamos em lugares especiais. Essa regra se aplica para tudo na vida. Coisas que têm grande importância e grande valor precisam ser bem guardadas e protegidas. Esse princípio se aplica à Palavra de Deus. O Salmo 119 exalta a excelência da Palavra de Deus e no verso de número 11 o salmista declara: “Guardo no coração as tuas palavras, para não pecar contra ti”. A primeira lição que esse verso nos ensina é que devemos guardar a Palavra de Deus no nosso coração. Há muitas pessoas que conhecem a Bíblia, sabem manuseá-la com maestria, decoram versículos, mas mesmo assim, tudo não passa de uma relação superficial e nada transformadora. A Palavra de Deus em nosso coração significa ser governado por ela em todas as áreas da nossa vida. Significa que todas as decisões, todos os pensamentos e todas as vontades precisam ser […]
11 de novembro de 2019

“A Relação entre a teoria e a prática”

“Não cesse de falar deste Livro da Lei; pelo contrário, medite nele dia e noite, para que você tenha o cuidado de fazer segundo tudo o que nele está escrito; então você prosperará e será bem-sucedido”. (Josué 1:8) Lembro-me de uma situação inusitada que presenciei na adolescência. Um homem estava muito contente, pois havia realizado o sonho de comprar o seu tão desejado FIAT 147. Seu irmão, embora não soubesse dirigir, em um dado momento de descuido do proprietário, ligou aquele veículo e conseguiu conduzi-lo até a primeira esquina, porém, como não tinha a habilidade necessária, foi preciso contar com o apoio de um motorista devidamente habilitado para levar o carro de volta. Pelo fato daquele jovem ter visto outras pessoas dirigindo deve ter pensado que se tratava de uma tarefa fácil, porém, a prática deixou claro que as coisas não eram tão simples assim. No texto lido, vemos que […]
9 de novembro de 2019

“Você quer o que? Ser servido ou servir?”

“Pois o próprio Filho do homem não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate por muitos.” (Marcos 10:45) É bom que se diga que o evangelista Marcos escreveu com o claro objetivo de destacar que o Senhor Jesus Cristo tinha um ministério terreno a ser realizado. Ele enfatizou que o Senhor Jesus tinha uma missão. Portanto, é isso que vemos por todo o evangelho. Vemos o Cristo de Deus, o Senhor e Salvador, humildemente, sendo servo. Vemos esse servo em ação. Vemos o servo de Deus servindo de coração. Estas palavras do cap. 10, versículo 45 fazem parte de uma conversa que Cristo teve com seus discípulos durante uma viagem. E nessa ocasião os discípulos foram corrigidos por causa de sua pretensão de serem achados em melhor posição uns do que os outros, e foram ensinados quanto à verdadeira posição daquele que quer […]
8 de novembro de 2019

“Reconheçamos nossas falhas!”

“O que encobre as suas transgressões jamais prosperará; mas o que as confessa e deixa alcançará misericórdia” (Pv. 28.13) Uma das coisas mais difíceis para nós é reconhecer que erramos. Quando somos confrontados, o mais natural é negar que tenhamos feito algo de errado. Se isso não for possível, então procuramos inventar justificativas e desculpas. Se nem isso for possível, então acusamos quem nos confronta de não ter autoridade ou moral para nos repreender. Em suma, procuramos encobrir nossas transgressões. O texto de hoje diz que quem age assim não prospera. Isto quer dizer que ele não terá paz de espírito; mais cedo ou mais tarde a consciência o incomodará. Ele também não terá sucesso em tentar encobrir seu pecado, pois em algum momento este será revelado, visto que não há nada que fique em oculto pra sempre (Lucas 12.2). Se não for revelado nesta vida (e muitos são), será […]
7 de novembro de 2019

“Meu maior Tesouro”

“Trabalhai, não pela comida que perece, mas pela que subsiste para a vida eterna, a qual o Filho do Homem vos dará; porque Deus, o Pai, o confirmou com o seu selo” (João 6:27). O contexto da passagem de hoje, Jo 6:27, mostra Jesus fazendo uma dura acusação à multidão que o acompanhava, veja: “Quando, pois, viu a multidão que Jesus não estava ali nem os seus discípulos, tomaram os barcos e partiram para Cafarnaum à sua procura. E, tendo-o encontrado no outro lado do mar, lhe perguntaram: Mestre, quando chegaste aqui? Respondeu-lhes Jesus: Em verdade, em verdade vos digo:”. A repreensão de Jesus revelou a verdadeira motivação daquela multidão que não media esforço para estar com Ele. A acusação de Jesus tornou visível quão egoísta e materialista era o coração daquelas pessoas, disse Ele: “vós me procurais, não porque vistes sinais, mas porque comestes dos pães e vos fartastes”. […]
6 de novembro de 2019

“Isso é com você”

“Sejam sábios no procedimento para com os de fora; aproveitem ao máximo todas as oportunidades. O seu falar seja sempre agradável e temperado com sal, para que saibam como responder a cada um” (Cl 4.5-6). O apóstolo Paulo está instruindo os colossenses a respeito de evangelização. Paulo instrui seus leitores, abordando os seguintes pontos: 1. A importância da conduta do cristão. Testemunho não transforma a vida de alguém, mas, abre o caminho para falar da graça e do amor de Deus ao pecador. A integridade do cristão é fundamental, pois ele, pela graça redentiva é filho de Deus. A mudança de conduta, resultado da ação do Espírito Santo na obra da regeneração, é principalmente interior. O cristão deve, pela sua conduta, despertar o interesse das pessoas em ouvir as boas novas da redenção em Cristo. 2. Aproveitem ao máximo todas as oportunidades. Oportunidades perdidas não são recuperadas. O cristão não […]
5 de novembro de 2019

“Como posso ter certeza que nasci de novo?”

“Filhinhos, ninguém vos engane: quem pratica a justiça é justo, assim como ele é justo; 8. quem vive habitualmente no pecado é do Diabo, pois o Diabo peca desde o princípio. Para isto o Filho de Deus se manifestou: para destruir as obras do Diabo. 9. Aquele que é nascido de Deus não peca habitualmente, pois a semente de Deus permanece nele, e ele não pode continuar no pecado, porque é nascido de Deus. 10. Os filhos de Deus e os filhos do Diabo manifestam-se assim: quem não pratica a justiça não é de Deus, nem quem não ama seu irmão” (1 Jo 3. 7-10) 1ª Evidência: Quando pratico a justiça e não o pecado (vv. 7-8b). O que os versos nos dizem? 1- Que não nos deixemos enganar; 2- Quem pratica a justiça é justo pois que o gerou é justo v.7; 3- Quem pratica o pecado procede do […]
4 de novembro de 2019

“O zelo implica em reforma”

Certa vez, em um curso de leitura dinâmica, o professor chamou a atenção dos alunos para as palavras mais usadas em cada época e contexto. Termos como “impeachment”; “internet”, “informática” foram usados como exemplos duma infinidade de neologismos, que hoje não mais causam estranhamento aos nossos ouvidos. Ao contrário dos anos 90, que nos trouxeram palavras novas, a atualidade nos tem feito conviver com o peso semântico da palavra “reforma”. Praticamente, todos os meios informativos, inclusive as redes sociais, mesmo que discretamente, têm aventado o termo “reforma”, quer política, previdenciária, judicial e, por que não religiosa? Em meio a tantas reformas, o momento se mostra propicio para que se relembre o marco histórico de 1517, que moveu um pequeno grupo da Igreja cristã a voltar-se às Escrituras. Desde de então, a Reforma Protestante vem sendo lembrada por todos os cristãos que têm a Palavra de Deus como regra de fé […]
2 de novembro de 2019

“Somente a Graça”

Depois que se deu a Reforma Protestante em 1517, surgiu uma movimentação da Igreja Católica em claro contra ataque às ideias e defesas dos protestantes, isso ficou conhecido como contrarreforma e isso começou em 1545. E, por causa dessa reação da Igreja Católica é que os protestantes resolveram como que elaborar dum modo mais organizado aquilo no que criam e que entendiam ser o verdadeiro ensinamento encontrado nas Escrituras. Daí surgiram cinco lemas dos reformadores, ou cinco slogans. E são os seguintes: somente as Escrituras, somente Cristo, somente a graça, somente a fé e glórias somente a Deus. Foi a partir disso que vieram as nossas confissões de fé. Ou seja, a Reforma Protestante fez com que os cristãos pensassem melhor e mais sobre a Palavra de Deus e tudo que se levantou contrário à Palavra de Deus motivou e impulsionou os reformadores depois de Lutero a fazerem alguma coisa […]
1 de novembro de 2019

“Somente Cristo” (Atos 17:16-34)

“Porquanto estabeleceu um dia em que há de julgar o mundo com justiça, por meio de um varão que destinou e acreditou diante de todos, ressuscitando-o dentre os mortos” (v 31). O advento da Reforma Protestante se encarregou de resgatar aspectos essenciais da teologia. Razão pela qual os reformadores se viram na obrigação de enfatizar ensinos que devido ao desprezo às Escrituras se perderam com o passar do tempo. Os Cinco Solas surgiram em um período posterior a Reforma e tinham como objetivo reforçar aquilo em que a igreja reformada acreditava em meio aos constantes ataques. Só a Graça, Só a Fé, Só as Escrituras, Só Cristo e só a Deus Glória. Estes pontos passariam a ser o principio norteador dos ramos que comporiam a fiel igreja de Cristo. Dentre os cinco pontos darei ênfase no “Somente Cristo”. A razão pela qual este ponto foi reforçado tinha como objetivo refutar […]
31 de outubro de 2019

“Glória somente a Deus”

Por muito tempo a Igreja Católica Romana exigiu de seus seguidores que fossem devotos incondicionais do clero da igreja, e especialmente, a figura do papa. Essa devoção estava enraizada no pensamento de que a cúpula da igreja poderia mediar o perdão de pecados diante de Deus e a obtenção de benção aos homens. A Reforma descentralizou a glória nos homens e centralizou a glória, o louvor e adoração somente a Deus. A glória de Deus é o objetivo de todas as coisas. No salmo 57.11 o salmista pede: “Sê exaltado, ó Deus, acima dos céus; e em toda a terra esplenda a tua glória”. Nesse sentido, a Reforma Protestante foi muito mais do que um mero movimento religioso que marcou a sua época. Com certeza, a Reforma Protestante foi um acontecimento histórico que mudou toda a forma de pensar do mundo do século 16 em diante, resgatando o propósito da […]
30 de outubro de 2019

Somente as Escrituras”

No dia 31 de outubro de 1517 Martinho Lutero afixou na porta da Catedral de Wittenberg as 95 teses contra as indulgências praticadas pela Igreja Católica Romana. Ocorreu nesse momento da história uma libertação que progressivamente alcançou quase toda a Europa e até hoje tem alcançado nações e libertados escravos da ignorância. A Bíblia foi disponibilizada para o povo através da imprensa e as pessoas começaram a conhecer a verdade. Os Reformados tiveram que estabelecer biblicamente cinco pilares para a Igreja, para combater as heresias ensinadas durante a Idade Média. Esses pilares são conhecidos como os “5 Solas”, em latim essa expressão significa “Somente”. Os 5 Solas são os seguintes: 1. Somente as Escrituras 2. Somente Cristo 3. Somente a Graça 4. Somente a Fé 5. Somente a Glória a Deus Esses pilares tornaram-se o coração da Reforma Protestante. Precisamos destacar o primeiro “Sola”, pois os demais decorrem dele. É […]
29 de outubro de 2019

“Casa limpa”

“Lava o teu coração da malícia, ó Jerusalém, para que sejas salva! Até quando hospedarás contigo os teus maus pensamentos?” (Jeremias 4:14) Os moradores de Jerusalém estavam com medo? Estavam se sentindo arruinados? Mas, por quê? Os seus inimigos estavam vindo do sul para invadir a cidade de Jerusalém e para arrasá-la. A intenção era essa mesma, invadir, saquear e destruir. Eles estavam avançando ligeiramente. Quando enfim isso acontecesse, os príncipes de Jerusalém ficariam sem ação, os sacerdotes ficariam pasmados e os profetas estupefatos. O triunfo da Babilônia seria a ruína dos judeus. O pavor do povo judeu era por causa do quão terrível eram os inimigos que se aproximavam deles. Eis aí a questão que quero propor. Os judeus tinham medo do que na verdade não deveria assustá-los. Precisavam ter medo era de brincar com coisa tão séria. Faziam de conta que eram fieis a Deus quando eram desleais. […]
28 de outubro de 2019

“A Deus toda a glória”

“Ora, àquele que é poderoso para vos guardar de tropeços e para vos apresentar com exultação, imaculados diante da sua glória, ao único Deus, nosso Salvador, mediante Jesus Cristo, Senhor nosso, glória, majestade, império e soberania, antes de todas as eras, e agora, e por todos os séculos. Amém!” (Judas 24–25) Outubro é o mês em que nós cristãos reformados celebramos o “Dia da reforma Protestante do Séc. XVI”. E como cristãos reformados, temos como um dos grandes pilares da nossa fé, a doutrina conhecida como “Perseverança dos santos”. John MacArthur diz que embora “todas as doutrinas da salvação sejam absolutamente essenciais e profundamente preciosas para os remidos… a doutrina da segurança eterna, mais precisamente conhecida como perseverança dos santos, se destaca como a mais maravilhosa de todos elas”. De fato, MacArthur tem razão, pois é por essa doutrina, que nós cristãos, apesar de falhos e pecadores, podemos caminhar na […]
26 de outubro de 2019

“Revelando um propósito maior”

“Ora, para que saibais que o Filho do Homem tem sobre a terra autoridade para perdoar pecados – disse, então, ao paralítico: Levanta-te, toma o teu leito e vai para a tua casa.” (Mateus 9:6) A determinação é vital para que uma pessoa alcance o seu objetivo, do contrário, ela não passará de uma eterna sonhadora, aliás, não é muito difícil nos depararmos com pessoas que vivem a lamentar: Ah se eu fizesse! Ah se eu fosse! No geral, são pessoas sem atitude e que apenas vibram pelo sucesso do outro, mas, quando o assunto é experiência pessoal, contam o que seriam hoje se em determinado momento de suas vidas tivessem tomado atitude para alcançar a meta desejada. O texto em questão mostra quatro homens determinados a alcançarem um objetivo, que é conduzir um paralítico até à presença de Cristo, mas para isto eles se depararam com algumas situações, conforme […]
25 de outubro de 2019

“O sinal do cristão”

O Senhor Jesus Cristo, nos últimos dias do Seu ministério terreno, instrui os Seus discípulos sobre tudo quanto era necessário para a continuidade da Sua obra. Em João 13.34 e 35 lemos “Um novo mandamento lhes dou: Amem-se uns aos. Como eu os amei, vocês devem amar-se uns aos outros. Com isso todos saberão que vocês são meus discípulos, se vocês se amarem uns aos outros”. Consideremos, primeiramente, o padrão do amor. “Como eu os amei”. Esse é o padrão do amor que Deus quer entre os Seus filhos. “Mas Deus demonstra o seu amor por nós: Cristo morreu em nosso favor quando ainda éramos pecadores” (Rm 5.8). Consideremos a extensão desse amor: “Amem-se uns aos outros”. “Sobretudo, amem-se sinceramente uns aos outros, porque o amor perdoa muitíssimos pecados” (1Pe 4.8). E, por fim, consideremos a importância desse amor. À medida que o amor é real, prático, visível entre os […]
24 de outubro de 2019

“A importância da harmonia entre os cristãos”

“completai a minha alegria, de modo que penseis a mesma coisa, tenhais o mesmo amor, sejais unidos de alma, tendo o mesmo sentimento” (Filipenses 2.2) Muitas coisas na igreja de Filipos traziam alegria a Paulo. No entanto, havia ainda algo que tornaria sua alegria completa. O que poderia ser isto? Em primeiro lugar, Paulo exorta a igreja a ter um pensamento concorde. Literalmente, ele disse que eles deveriam ter a mesma mente. Isto não quer dizer ter os mesmos pensamentos, ideias ou opiniões, mas é ter um mesmo propósito: a glória de Deus. Uma mente assim ajuda a ver irmãos que têm ideias diferentes não como inimigos, mas sim como irmãos que desejam a mesma coisa que nós, mas que talvez não tenham ainda entendido como promover a glória de Deus de forma devida. São irmãos que precisam de ajuda, não de serem eliminados (Rm 14; Tg 4.11-12). O desenvolvimento […]
23 de outubro de 2019

“A necessidade de termos “Barnabés” no meio do povo de Deus”

“José, a quem os apóstolos deram o sobrenome de Barnabé, que quer dizer filho de exortação, levita, natural de Chipre”,“ Atos 4.36 registra que havia um levita por nome de José a quem os apóstolos acrescentaram o sobrenome Barnabé, cujo significado é “filho de exortação”. Quando lemos a história deste levita percebemos o quanto ele fora importante e o quão foi usado por Deus na vida Igreja. A igreja atual encontra-se carente de pregadores que sejam “Barnabés”, ou seja, que tenham coragem de exortar o povo. A Igreja está carente de homens que a exortem, que a chamem ao arrependimento. A hora não é de se contar os “supostos grandes feitos da igreja atual” é hora de chamar a igreja ao arrependimento pelo abandono da liturgia trinitária, por colocar coisas estranhas sobre o fundamento que é Cristo, pela falta de uma catequese que leve o cristão a querer viver o […]
22 de outubro de 2019

“Consola-nos, Senhor!”

“O SENHOR é bom, é fortaleza no dia da angústia e conhece os que nele se refugiam.” (Naum 1:7) Concluí meu curso teológico no Seminário Presbiteriano Conservador em 2003. De lá pra cá muita coisa aconteceu. Muita coisa boa e ruim. Perdas, ganhos. Tristeza, alegria. Chances não aproveitadas, mas aprendizado por meio de tudo. Lá no Seminário ouvi certa feita dum professor: o livro do profeta Naum é o único que não apresenta nenhuma condenação ao povo de Israel. Pronto. Essa fala simples foi o estalo que me despertou para querer ler mais e saber a respeito dos profetas e suas pregações. Desde então, nas igrejas por onde passei, dediquei certo tempo compartilhando com os irmãos daquilo que aprendi sobre introdução dos livros bíblicos. E o livro de Naum é um trecho muito precioso das Sagradas Escrituras. É o livro da consolação divina. É o recado de Deus ao Seu […]
21 de outubro de 2019

“O Pastor perfeito”

“O SENHOR é o meu pastor, nada me faltará. Deitar-me faz em verdes pastos, guia-me mansamente a águas tranquilas. Refrigera a minha alma; guia-me pelas veredas da justiça, por amor do seu nome”(Salmo 23.1-3). Verdes pastos, águas tranquilas, refrigério para a alma, como isso soa bem aos nossos ouvidos – como Deus é bom. “A vida não está fácil pra ninguém!”, essa é uma das frases mais ouvida nesses tempos de crise que nosso país atravessa. Contudo, é em tempos de crise, quando sentimos que não conseguiremos mais continuar, que o poder sobrenatural do Senhor nos dá a força necessária para prosseguir. É quando enfrentamos grandes e difíceis lutas que a graça de Deus nos alcança, sustenta e nos alivia para continuarmos em direção à vitória. O Salmo 23 nos chama a lembrarmos de uma verdade fundamental sendo o Senhor o nosso Pastor, de nada mais precisamos; pois como ouvimos […]
19 de outubro de 2019

“Povo abençoado”

Quando um povo é abençoado por Deus, a vitória é garantida! No livro de êxodo diz que na noite de Páscoa, Israel marchou pra fora do Egito. Mesmo o Egito tendo ao seu lado um poderoso exército de cavalaria, terminou submerso nas águas do mar vermelho. Quando Israel começou a sua trajetória no deserto, rumo a terra de Canaã, nenhum povo resistia o seu poder, porque Deus assegurava a sua vitória. Mas há uma passagem interessante que diz que ao chegar nas campinas de Moabe, um homem chamado Balaque contratou um profeta chamado Balaão para amaldiçoar o povo de Deus. No entanto, Deus interviu e disse a Balaão: “…NÃO IRÁS COM ELES, NEM AMALDIÇOARÁS O POVO; PORQUE É POVO ABENÇOADO”. O relato nos ensina que mediante as propostas financeiras, Balaão desobedeceu e por três vezes tentou amaldiçoar o povo de Deus, porém sem sucesso. O que protegeu a nação de […]
18 de outubro de 2019

Presos de Esperança

No capítulo 3 das Lamentações de Jeremias, especificamente no verso 21, o profeta, como alento diante de tanto sofrimento mencionado nos versículos anteriores, decide que, ao invés de ficar se revolvendo no gonzo de sua dor, a melhor atitude era ocupar sua mente com algo que lhe desse esperança. A certeza das misericórdias do Senhor reacendeu os ânimos do profeta, pois elas não têm fim e, se renovam a cada manhã. As aflições podem até agitar o mar das expectativas, mas, serão incapazes de soçobrarem a nau da fé. Sem dúvida, foi na “Esperança de Israel” que Jeremias encontrou forças para “…aguardar a salvação do Senhor, e isso em silêncio”. O Apóstolo Paulo também fala de esperança ao escrever sua primeira Epístola a Timóteo. No versículo primeiro do capítulo um da Epístola mencionada, o Apóstolo destaca Cristo como sendo “…nossa esperança…”. Tal qual Jeremias, Paulo estava passando por tempos difíceis […]
17 de outubro de 2019

“Você é fraco ou forte?”

“Se te mostras fraco no dia da angústia, a tua força é pequena” (Provérbios 24.10) Você já enfrentou algum momento na sua vida de maneira a ser tomado por uma angústia, ao ponto de não diferenciar se a dor estava no corpo ou na alma? É fato que cada pessoa tem uma estrutura e, portanto, reage muitas vezes de formas diferentes diante de quadros similares; aquilo que é desesperador para um, é tirado de letra por outro. O que, porém, coloca todos no mesmo pé de igualdade é a certeza de que ninguém está isento em maior ou menor proporção de viver momentos angustiantes na vida. Ouvi esta semana uma música evangélica cujo refrão era: “Agora é só vitória…!”. A bem da verdade, a letra não reflete a dinâmica cotidiana das pessoas, conforme o autor sacro deixa claro no texto acima. O ser humano é um complexo “biopsicossocial espiritual”. E […]
16 de outubro de 2019

“Então o Senhor fechou a porta”

Deus faz ameaças? Ou Ele adverte? A situação da humanidade era tremendamente grave. O pecado reinava na humanidade. A geração de Noé é assim descrita: “O Senhor viu que a perversidade do homem tinha aumentado na terra e que toda a inclinação dos pensamentos do seu coração era sempre e somente o para o mau” (Gn 6.5). Não pode haver descrição mais triste e angustiante do pecado na história da humanidade. O homem, criado por Deus à Sua imagem, sem pecado, que vivia no Jardim do Éden e cuidava da criação do Senhor, desobedeceu e comeu do fruto da árvore do conhecimento do bem e do mal. Então, a história da humanidade mudou radicalmente. O pecado entrou na história e o homem foi totalmente corrompido. A humanidade estava totalmente corrompida, mas não todos os homens, pois “Noé era homem justo, íntegro entre o povo de sua época; ele andava com […]
15 de outubro de 2019

“Exemplos de Cristo”

“aquele que diz que permanece nele (em Deus), esse deve também andar assim como ele (Jesus) andou” (1ª João 2.6).  A atual geração tem sido marcada pelo relativismo, pluralismo e humanismo, de modo que uma grande parte das pessoas tem vivido como nos dias dos juízes: “cada qual fazendo o que acha mais reto” (cf. Jz 17.6); inclusive muitos cristãos, o que é extremamente incoerente com a fé cristã. O texto de hoje ensina que todos que dizem acreditar em Deus devem viver a exemplo de Jesus Cristo, e não conforme sua própria vontade ou conselhos. O que significa viver como Jesus? A resposta bíblica para essa pergunta é bastante simples. Porém, primeiramente, precisamos saber que ninguém conseguirá viver a exemplo de Jesus sem antes conhecer como Ele viveu. Para isso, é preciso estudar, na Escritura Sagrada, sobre a vida de Cristo. Os evangelhos registram como Jesus viveu, o que ensinou, e […]
14 de outubro de 2019

“Acolhamos uns aos outros”

“Portanto, acolhei-vos uns aos outros, como também Cristo nos acolheu para a glória de Deus” (Romanos 15.7) Vivemos tempos difíceis, tempos em que as pessoas são egoístas e, por isso, tem dificuldades em encontrar outros dispostos a ter com eles um relacionamento assim, unilateral. O versículo um deste capítulo diz para suportar os outros em vez de buscar agradar a si mesmo. “Suportar” aqui não tem o sentido de “tolerar”, mas de servir de suporte ou apoio. É como se carregasse o outro no colo. No entanto, a última coisa que podemos encontrar em pessoas preocupadas consigo mesmas é o desejo de dar suporte ao próximo. O texto de hoje nos chama a acolhermos uns aos outros. “Acolher” significa “tomar como companheiro”. Para acolhermos alguém neste sentido é preciso estarmos prontos a ajudar, servir, perdoar, entre outras coisas. É preciso deixar interesses pessoais de lado. A razão para estarmos dispostos […]
13 de outubro de 2019

“Deus Glorioso”

“Pela fé entendemos que o universo foi formado pela palavra de Deus, de modo de que aquilo que se vê não foi feito do que é visível” (Hebreus 11.3) Apesar de nenhum dos judeus, primeiros destinatários destas palavras, estarem lá no princípio quando Deus criou o universo, eles acreditavam sem dúvida alguma nisto. Eles não puderam ver Deus agindo na criação, mas eles podiam ver a criação e acreditavam no Criador. Deus criou tudo por Sua palavra e, tudo que criou foi a partir do nada, ou seja, nada do que se vê “foi feito do que é visível”. A origem do universo tem sido um problema de longa e por mais que a humanidade avance em seus conhecimentos, descobertas e invenções, uma análise científica de inúmeros textos e profecias bíblicas nos revela o quanto a Palavra de Deus continua sendo atual e verdadeira. Tanto a narrativa da criação registrada […]
11 de outubro de 2019

“O Correto proceder cristão” (Cl 3.12-17)

As Escrituras trazem instruções sobre como um cristão deve ser? Sim! As Escrituras trazem estas valiosas informações. 1- A primeira característica que quero destacar é que você deve POSSUIR OS SENTIMENTOS CORRETOS QUE MANIFESTAM VERDADEIRAMENTE A SUA ELEIÇÃO Analisando o verso 12 do nosso capítulo observe os seguintes aspectos: A eleição afeta a vida em todas as suas fases, pois ela não é abstrata. Ela se toma uma força dinâmica no coração e vida dos filhos de Deus, pois produz frutos. É uma eleição não somente para a salvação, mas definitivamente também para o serviço (como um elo da corrente). Tem como finalidade a glória de Deus (Ef 1.4-6). Os eleitos devem possuir: ternos afetos de misericórdia que indicam um sentimento muito profundo em relação ao Senhor Cristo Jesus. Os santos devem possuir: Bondade que nada mais é do que a benevolência no coração que é conferida pelo Espírito, que […]
10 de outubro de 2019

“Resgatando o fervor espiritual”

“Não apagueis o Espírito” (1Ts 5.19) Há pouco tempo vi nas redes sociais imagens de um veículo sendo levado para dentro de um templo para ser ungido. A partir do ocorrido, foi reacesa a discussão entre pastores sobre a dinâmica da igreja na atualidade. Em meio ao debate caloroso, composto por opiniões diversas, concluiu-se que uma ala da igreja vive lançando novidades diárias entre os crentes, no propósito de manter cativas pessoas místicas, enquanto um segundo grupo permanece estagnado, frio e indiferente, o que nos leva a entender que ambos os lados distanciaram-se daquilo que é proposto pelas Escrituras. Mas, em meios às distorções é possível encontrar aqueles que remam contra a maré no intuito de apresentar a Deus adoração nos moldes bíblicos. No texto em questão, o apóstolo Paulo destaca que a igreja não deve desprezar a profecia, que aqui refere-se ao ensino, ou à exposição das Escrituras feita […]
9 de outubro de 2019

“Pecados Desfeitos”

“Desfaço as tuas transgressões como a névoa e os teus pecados, como a nuvem; torna-te para mim, porque eu te remi.” (Isaías 44.22) Boas notícias para a nação de Israel. Deus tinha perdão para todos. Israel que tanto já havia transgredido as Leis e mandamentos divinos. Notícias maravilhosas para um povo de dura cerviz, povo pecador e muito desobediente. O profeta Isaías disse que Deus tinha perdão lhe dar. Todas as transgressões se acabariam como rapidamente passa a névoa e todos os pecados se iriam como uma nuvem se desfaz num piscar de olhos. Bastava que o povo de Israel se humilhasse na presença excelsa e santa de Deus confessando os seus pecados e todas as suas transgressões. Bastava que o povo pedisse perdão que Deus lhes atenderia e os remiria. Esse pedido de perdão a Deus tinha de ser suplicante e sincero, deveria vir do coração, do coração arrependido […]
8 de outubro de 2019

“O poder do Espírito Santo”

“mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e sereis minhas testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judeia e Samaria e até aos confins da terra.” (Atos 1.8) O dicionário define “Poder” como o direito de deliberar, agir, mandar e, dependendo do contexto, exercer sua autoridade, soberania, a posse de um domínio, da influência ou da força. Isso explica porque o ser humano, ao longo do tempo, sempre teve o desejo de ter poder. No entanto, é importante lembrar que toda forma de poder tem sua origem no poder de Deus. Tanto o poder da autoridade civil como o poder de exercer autoridade sobre a criação são descritos como dádivas concedidas pelo Criador e devem ser usados com sabedoria. Mas há um tipo de poder que somente os filhos de Deus podem receber e desfrutar. Esse poder é fruto da ação do Espirito Santo. Depois que […]
7 de outubro de 2019

“Prestando contas à Deus”

“Assim, pois, cada um de nós dará contas de si mesmo a Deus” (Romanos 14.12) Haverá um dia em que eu e você estaremos diante de Deus. Neste dia Deus pedirá contas de tudo o que fizemos e do que deixamos de fazer. De acordo com o texto de hoje, cada um dará contas de si mesmo. O que isso significa? Para alguns, é apenas uma desculpa para não exortar os que estão em erro, já que ele responderá por si mesmo, mas não parece que seja este o sentido do texto. O que Paulo quer dizer, em primeiro lugar, é que os acertos de outros, como pais ou cônjuge, não entram na nossa conta. Dizendo de outra forma, nossos erros não serão compensados pelos acertos de membros próximos quando tivermos que prestar contas diante de nosso Criador. A segunda coisa é que, se vamos prestar contas do que fizemos […]
6 de outubro de 2019

“Caminhos”

É impossível andar em dois caminhos ao mesmo tempo. E todos fazemos escolhas quanto ao caminho que andamos. E há somente dois tipos de caminhos: um estreito e outro largo. Ambos conduzem a um fim, porém, totalmente opostos um ao outro. Jesus disse: “Entrem pela porta estreita, pois larga é a porta e amplo o caminho que leva à perdição, e são muitos os que entram por ela. Como é estreita a porta, e apertado o caminho que leva à vida! São poucos os que a encontram” (Mt 7.13-14). Um caminho conduz à perdição eterna. O outro à vida eterna com Deus. O primeiro caminho que todos nós trilhamos é o caminho da perdição, ou seja, que leva à eternidade sem Deus. Ninguém muda de caminho por vontade própria ou iniciativa pessoal. Esse caminho é atrativo e, parece satisfazer tudo o que o ser humano procura e deseja. Um caminho […]
5 de outubro de 2019

O poder da oração”

“Perseverai em oração, velando nela com ação de graças…” (Colossenses 4.2) Por que a oração é importante para o cristão? Porque através da oração podemos entrar na presença do Soberano Deus e colocar diante dele nossos pedidos e necessidades. Mas, lembre-se de que a oração não deve ser vista apenas como uma forma de pedir as bênçãos de Deus, a oração deve servir ao propósito de expressar nossa gratidão e louvor por tudo o que ele é e faz. Pela oração, temos a capacidade de entrar na presença de Deus, que é totalmente soberano, glorioso e eterno. Você consegue compreender a profundidade disso? Isso é simplesmente maravilhoso! Por isso a oração não pode ser limitada apenas a pedir, antes deve ser um momento íntimo de comunhão e adoração ao Pai. Quantas riquezas e tesouros são revelados na presença de Deus! Devemos amar esse momento secreto com o Pai, derramando nosso […]
4 de outubro de 2019

“Hipocrisia religiosa”

“Negligenciando o mandamento de Deus, guardais a tradição dos homens.” (Mc 7.8) O Senhor Jesus estava constantemente cercado por judeus que buscavam ocasião para surpreendê-lo em alguma falha, para acusá-lo de pecado e ter razões para condená-lo. Mas como não encontravam, procuravam acusá-lo de quebrar as tradições judaicas, construídas ao longo dos séculos por escolas rabínicas, que distorceram os mandamentos (Mc 7. 5). O judaísmo criou várias tradições que eram interpretações da Lei, cujo a essência consistia em tentar não cumprir os Mandamentos do Senhor, porém, com a aparência de cumprimento (Mc 7.9). Por esta razão, o Senhor Jesus os chamou de hipócritas que honravam a Deus com os lábios, mas o coração estava longe (Mc 7. 6-7)! O texto em destaque trata do momento em que os discípulos de Jesus comem pão, sem antes lavar as mãos (7.2). Os escribas e fariseus ficaram escandalizados com essa atitude aparentemente “tão […]
3 de outubro de 2019

Por que cremos em Deus?

No livro de Atos, cap. 16, verso 14 está escrito: “Certa mulher, chamada Lídia, da cidade de Tiatira, vendedora de púrpura, temente a Deus, nos escutava; o Senhor lhe abriu o coração para atender às coisas que Paulo dizia. Espiritualmente morto, um homem não quer nem saber de Deus. Ai de alguém que se atrever a falar qualquer coisa elogiosa sobre Deus e Jesus para um homem assim. É briga na certa. No mínimo, um desentendimento vai acontecer. Há uns que dizem mais ou menos assim: “Se quiser continuar meu amigo, não me fale sobre Deus!” Tem tanta gente que oferece resistência quando alguém quer lhe falar sobre o plano de Deus para sua salvação. Não bastasse isso, também despreza, desdenha, desmerece e até xinga. Há relações que são desfeitas por causa disso. Há um registro muito interessante em Atos 16:14 onde se lê: “Certa mulher, chamada Lídia, da cidade […]
2 de outubro de 2019

“Lidando com a soberba”

“Senhor, não é soberbo o meu coração, nem altivo o meu olhar” (Sl. 131.1) Na perspectiva bíblica, a vida soa paradoxal, pois vivemos quando morremos, triunfamos quando somos derrotados, conquistamos quando perdemos, somos fortes quando estamos fracos, somos exaltados quando nos humilhamos. Soberba (sobranceria) exprime a ideia de algo em plano elevado, é o mesmo que altivez. Lutar contra a soberba é travar uma luta interior. Sendo assim, temos que lidar todos os dias com a nossa natureza que tem uma tendência orgulhosa e altiva. Davi, o homem segundo o coração Deus, não estava isento deste sentimento nefasto, por isso, em forma de oração ele apresentou algumas alternativas para combater a soberba. Simplicidade – (Um fator interno) “Senhor, não é soberbo o meu coração, nem altivo o meu olhar”. Aqui está uma disposição firmada contra o orgulho; uma maneira firme de ver a vida em suas ações, sob uma perspectiva […]
1 de outubro de 2019

“Somente Cristo pode salvar!”

“Ora, aqueles são feitos sacerdotes em maior número, porque são impedidos pela morte de continuar; este, no entanto, porque continua para sempre, tem o seu sacerdócio imutável. Por isso, também pode salvar totalmente os que por ele se chegam a Deus, vivendo sempre para interceder por eles” (Hb 7.23-25) Quão maravilhosas e libertadoras são as palavras do nosso texto de hoje! Através de uma comparação, o autor da carta aos Hebreus, defende que somente Cristo pode salvar o pecador. Eis as razões apresentadas: 1º) os sacerdotes levitas foram temporários: “Ora, aqueles são feitos sacerdotes em maior número, porque são impedidos pela morte de continuar” (v.23). De grande importância foram os sacerdotes levitas para a saúde espiritual dos hebreus no Antigo Testamento. Como representantes do povo de Deus, eles se colocavam diante do Senhor, oferecendo sacríficos pelos pecados das pessoas e intercedendo por elas. Porém, ainda que de inegável importância, o […]
30 de setembro de 2019

“Deus glorioso”

“Pela fé entendemos que o universo foi formado pela palavra de Deus, de modo de que aquilo que se vê não foi feito do que é visível” (Hebreus 11.3) Por mais que a humanidade avance em seus conhecimentos, descobertas e invenções, uma análise científica de inúmeros textos e profecias bíblicas nos revela o quanto a Palavra de Deus continua sendo atual e verdadeira. Tanto a narrativa da criação registrada por Moisés quanto as mais modernas teorias científicas da formação do Universo aponta para a obrigatória existência de um Criador. A Ele toda honra e glória eternamente, amém! Que o Senhor Jesus conceda um ótimo dia a você e toda a sua família. Rev. Ronaldo Mendes
29 de setembro de 2019

“Anunciando a misericórdia e a fidelidade de Deus”

O ser humano não é guiado por pensamentos, conhecimento e opiniões, ele é guiado por paixões. Em outras palavras, aquilo que uma pessoa ama é exatamente aquilo que a define. Diante disso, fica claro e evidente que a verdadeira espiritualidade ultrapassa o campo das palavras e do comportamento. A verdadeira espiritualidade afeta o nosso coração e consequentemente a maneira como enxergamos a realidade a nossa volta. O Salmo 92 é um exemplo muito interessante de alguém cujo coração amava o Senhor e sentia prazer em render graças e louvores ao seu Santo nome. Isso fica evidente na maneira como o Salmista começava e terminava o seu dia. No verso 1-2 ele diz: “Bom é render graças ao SENHOR e cantar louvores ao teu nome, ó Altíssimo, anunciar de manhã a tua misericórdia e, durante as noites, a tua fidelidade”. No mundo em que vivemos é comum a maioria das pessoas […]
28 de setembro de 2019

“A cruz de Cristo”

A humanidade está dividida. Desde a entrada do pecado na história da humanidade, está dividida em dois grupos. Aqueles a quem Jesus chama de amigos e aqueles que são inimigos de Cristo. E a cruz de Jesus faz toda a diferença. Amamos ou odiamos a cruz de Jesus. Não há meio termo. O modo de alguém viver indica o lado em que está e também nisto não há meio termo. Jesus disse: “Ninguém pode servir a dois senhores; pois odiará a um e amará o outro, ou se dedicará a um e desprezará o outro. Vocês não podem servir a Deus e ao Dinheiro” (Mt 6.24). A cruz de Jesus, de fato, divide a humanidade. “Pois a mensagem da cruz é loucura para os que estão perecendo, mas para nós, que estamos sendo salvos, é o poder de Deus” (1Co 1.18). Eis a razão de tanto ódio ou de tanto […]
27 de setembro de 2019

“Em Cristo fomos escolhidos antes da fundação do mundo”

Em Romanos 9:14-29 temos uma “diatribe”, um recurso de retórica em que o escritor responde aos questionamentos de um opositor imaginário. As duas perguntas que aparecem em Rm 9:14 e Rom 9:19. São perguntas bem intrigantes e Paulo não hesitou em respondê-las. A fé cristã verdadeira não foge a debates quer sejam reais ou imaginários, como é o caso da diatribe. E nesse dialogo, imaginário, acontece da seguinte forma: Pergunta o oponente imaginário: “Que diremos, pois? Há injustiça da parte de Deus?” Paulo responde: “De modo nenhum!” E embasa a sua fala dizendo: Pois ele diz a Moisés: Terei misericórdia de quem me aprouver ter misericórdia e compadecer-me-ei de quem me aprouver ter compaixão. Assim, pois, não depende de quem quer ou de quem corre, mas de usar Deus a sua misericórdia. Porque a Escritura diz a Faraó: Para isto mesmo te levantei, para mostrar em ti o meu poder […]
26 de setembro de 2019

“Deus está vendo como está a nossa nação!”

“Ai dos que decretam leis injustas, dos que escrevem leis de opressão, para negarem justiça aos pobres, para arrebatarem o direito aos aflitos do meu povo, a fim de despojarem as viúvas e roubarem os órfãos!” (Isaías 10.1-2) As gritantes questões de injustiça e desigualdade social não são de agora, ou só de alguns anos para cá. No mundo inteiro essas coisas acontecem desde o início da sua existência, afinal, onde há seres humanos há pecadores e isso constitui por si só a certeza de muitos problemas. Quer um exemplo disso? As cidades de Sodoma e Gomorra foram destruídas por Deus porque sua iniquidade não cessava. Os homens de Sodoma eram maus e grandes pecadores contra o Senhor. E sabe qual foi o pecado de Sodoma? Em Ezequiel 16:49 vemos a resposta. Está escrito: “Eis que esta foi a iniquidade de Sodoma, tua irmã: soberba, fartura de pão e próspera […]
25 de setembro de 2019

“Prontos a ouvir e tardios em falar”

“Sabeis estas coisas, meus amados irmãos. Todo homem, pois, seja pronto para ouvir, tardio para falar, tardio para se irar” (Tiago 1.19) “Pronto para ouvir”, que qualidade difícil de ser encontrada em nós! Estamos tão certos de nossas razões, capacidades e etc. que raramente estamos dispostos a ouvir o contrário. Alguns são prontos a falar, outros são prontos a se calar, mas poucos são prontos a ouvir. Os que falam sem ouvir acham que sabem tudo e que precisam transmitir seu precioso conhecimento! Os que se calam, embora às vezes estejam prontos a ouvir, preferem não se desgastar com possíveis debates. Contudo, pessoas insensatas precisam ser respondidas, do contrário acharão que estão corretas em suas opiniões (Pv 26.5). Ouvir é estar pronto a levar em consideração o que está sendo dito, e só pode estar pronto a ouvir quem reconhece não saber tudo, e que há a possibilidade de estar […]
24 de setembro de 2019

“Cuidado com a Ganância”

“A sanguessuga tem duas filhas, a saber: Dá, Dá. Há três cousas que nunca se fartam, sim, quatro que não dizem: Basta!” (Provérbios 30.15) Há poucos dias passou uma reportagem na TV que mostrou dois irmãos que eram administradores de um hospital no Rio de Janeiro. Eles andavam em um carro que custa mais de um milhão de reais, além de manterem um alto padrão de vida. Enquanto isso, bebês estavam morrendo em seu hospital porque esses diretores mandaram diminuir o oxigênio dos aparelhos no propósito de diminuir os custos com o hospital. Esse exemplo de falta de humanidade e compaixão pode ser definido com toda certeza como “sanguessuga”. O que é uma sanguessuga? A tradução literal dessa palavra é “chupadora”. É um termo utilizado para designar “o verme que se alimenta de sangue alheio”. Citando essa expressão, Agur exemplifica a figura da pessoa que é egocêntrica e gananciosa. Na […]
23 de setembro de 2019

“Uma vida construída na Rocha!”

A vida é cheia de variáveis, em um momento podemos desfrutar de alegrias, risos, e boas companhias. Em outro em seguida podemos viver as maiores tristezas em nossa vida. Depois da Queda do homem, sempre pode viver alguma experiência pior que a anterior, só não vive isso em todo o tempo causa da misericórdia e graça do Senhor! Nesse sentido, ao invés de murmurar quando as aflições vêm, deveria agradecer a Deus por não ser ainda pior. O Senhor não nos promete em nenhum momento em sua Palavra que viveremos dias fáceis, ao contrário nos fala de sofrimentos no tempo presente (Rm 8.17-18). O Senhor Jesus no final do Sermão do monte diz que enfrentaremos ventos e tempestades contra a nossa existência e fé, que baterão com força contra casa (Mt 7. 25). Ou seja, as lutas, as tragédias, a dor e a angústia é inerente a todos os homens. […]
22 de setembro de 2019

“A paz que vem de Deus”

“E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará o vosso coração e a vossa mente em Cristo Jesus.”(Fp 4.6,7) A paz de Deus! Só de pensar, da pra imaginar que não é uma paz qualquer, é a paz de Deus! Por ser de Deus significa que só pode ser desfrutada por aqueles que, “justificados, pois, mediante a fé, foram reconciliados com Deus por meio de Jesus Cristo” (cf. Rm. 5.1). Ao se tornarem filhos de Deus podem desfrutar dessa paz que traz tranquilidade ao coração e à alma em meio às tempestades da vida. Isaias escreveu “Tu, SENHOR, conservarás em perfeita paz aquele cujo propósito é firme; porque ele confia em ti” (Isaias 26:3); Jesus, pouco antes de Sua morte, prometeu: “Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como a dá o mundo. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize” (Joao […]
21 de setembro de 2019

“Pregue bem alto!”

“Clama a plenos pulmões, não te detenhas, ergue a voz como a trombeta e anuncia ao meu povo a sua transgressão e à casa de Jacó, os seus pecados.” (Isaías 58:1). O Senhor da aliança confiou ao profeta Isaías uma missão bastante pesada. Ele teria de confrontar o povo judeu que prestava cultos que não agradavam ao Senhor. Que tinha um coração duro e insincero. Dentro do templo as pessoas eram dum jeito, mas fora, eram bem diferentes. O templo mais parecia um esconderijo onde iam somente para planejar os passos iníquos que dariam. O profeta Isaías tinha de lidar com esse povo que levantava as mãos no culto, mas delas é como se escorressem sangue por causa da quantidade absurda de atitudes reprováveis e ímpias que esses adoradores cometiam. O profeta Jeremias pregava para esse povo que respondia a ele sem rodeios: Não andaremos no caminho do Senhor! E […]
20 de setembro de 2019

“De fato sem fé é impossível agradar a Deus” (Hb. 11.6)

Não se engane: todo ativismo religioso desprovido de fé é inútil. Muitos pensam que ao se dedicarem as boas obras de caridade e ao participarem de todas as atividades de uma igreja já estão fazendo o suficiente para atrair o favor de Deus. Porém, a Bíblia nos ensina que sem fé é impossível agradar a Deus. Em outras palavras, a fé precisa estar continuamente em ação na vida cristã. A fé é muito mais do que uma mera compreensão do que é revelado nas Escrituras, a fé é um dom sobrenatural concedido por Deus que faz com que seus filhos tenham firmes convicções a respeito de coisas que não podem ser vistas ou tocadas, mas que existem e são verdadeiras. Hebreus 11.3 diz que pela fé cremos que o universo foi formado pela Palavra de Deus. A verdadeira fé abre os nossos olhos para reconhecer Deus como o Grande e […]
19 de setembro de 2019

Conhecendo a Deus (9)

“Deus é amor”. Certamente que o atributo do amor de Deus é um dos mais conhecido e mais citado, todavia, é um dos menos compreendido biblicamente. “Nisto consiste o amor: não em que nós tenhamos amado a Deus, mas em que ele nos amou e enviou seu Filho como propiciação pelos nossos pecados” (1Jo 4.10). Essa afirmação bíblica a respeito do amor de Deus é impressionante, pois revela a natureza e o propósito do amor de Deus. Ele amou e deu o Seu Filho para morrer pelas Suas ovelhas. Portanto, o amor de Deus é uma doação de Si mesmo em benefício do pecador. Ele deu-se de Si mesmo, dando o Seu Filho para morrer em favor do Seu povo. O propósito da morte de Jesus foi para nos redimir dos nossos pecados. O amor de Deus é graça. Deus não nos ama porque nós O amamos. “Nós o amamos […]
18 de setembro de 2019

“Previna-se contra o mal chamado soberba”

“A soberba do teu coração te enganou, ó tu que habitas nas fendas das rochas, na tua alta morada, e dizes no teu coração: Quem me deitará por terra?” (Obadias 1.3) Salomão diz, em Provérbios 16.18, que “a soberba precede a ruína”. Ele diz também que o temor do Senhor está em aborrecer (ou odiar) a soberba (Provérbios 8.13), que ela traz desonra (Provérbios 11.2) e contenda (Provérbios 13.10), e que ela abaterá o homem (Provérbios 29.23). Pode-se ver, então, quão terrível é a soberba, mas como explicamos este sentimento? A soberba é aquilo que faz com que o homem se julgue superior, capaz e auto-suficiente diante de seu poder econômico, político, físico, etc. Este era o caso dos edomitas, um povo vizinho e parente de Israel, que imaginavam que, em virtude de suas moradas estarem em lugares seguros, nada poderia lhes alcançar. No texto de hoje, Deus, através do […]
17 de setembro de 2019

“Usando melhor o tempo, para investir na alma”

“Mas rejeita as fábulas profanas e de velhas caducas. Exercita-te, pessoalmente, na piedade. Pois o exercício físico para pouco é proveitoso, mas a piedade para tudo é proveitosa, porque tem a promessa da vida que agora é e da que há de ser. Fiel é esta palavra e digna de inteira aceitação” (1ªTimóteo 4.7–9). Você já percebeu como é fácil perder tempo com coisas desnecessárias? Podemos perder tempo com muitas coisas. Pense por um momento: Quanto tempo você costuma passar assistindo às novelas na TV, aos vídeos do YouTube, às séries na Netflix, jogando no celular, ou lendo fofocas sobre a vida de artistas? Quanto tempo você perde conversando sobre política, sobre futebol e sobre a vida dos irmãos da igreja? Quanto tempo você costuma perder com mensagens no WhatsApp, visualizando imagens no Facebook e nas demais redes sociais? Como vemos, podemos perder muito tempo com muitas coisas… É verdade […]
16 de setembro de 2019

A escolha inadiável

“Porém, se vos parece mal servir ao Senhor, escolhei, hoje, a quem sirvais: se aos deuses a quem serviram vossos pais que estavam dalém do Eufrates ou aos deuses dos amorreus em cuja terra habitais. Eu e a minha casa serviremos ao Senhor” ( Josué 24.15). Zero ou Um. Quem não se lembra deste método de escolha utilizado nas brincadeiras de criança? Assim é a nossa vida, é feita de escolhas. Até mesmo aqueles que ficam “em cima do muro” decidiram ficar na indecisão. As escolhas que fazemos podem ser de baixa ou alta complexidade, algumas podem ser com consequências de pouca duração e outras, de efeitos eternos. Josué está diante de um povo que não conheceu aqueles que subiram para o Egito ainda tementes ao Deus vivo, e nem conheceu seus descendentes que lá se corromperam, esquecendo-se de quem os havia criado. Moisés recebe de Deus a tarefa de […]
15 de setembro de 2019

“O que te espera: Dia de alegria ou Dia de indignação?”

“Aquele dia é dia de indignação, dia de angústia e dia de alvoroço e desolação, dia de escuridade e negrume, dia de nuvens e densas trevas” (Sofonias 1.15) Que dia é este do qual Sofonias escreve no texto acima? O versículo anterior chama este dia de Dia do SENHOR. Este dia é descrito pelos profetas Isaías, Jeremias, Ezequiel, Joel, Amós, Obadias, Zacarias e Malaquias da mesma forma que é descrita no texto de hoje: o Dia terrível. Apocalipse 6.17 chama este dia de Dia da Ira. Este é o dia da segunda vinda de Cristo, dia em que Ele virá para estabelecer seu Reino eterno com os que creram nele, e seu juízo sobre os que insistiram em viver longe dele. Angústia, alvoroço e desolação são alguns dos adjetivos usados por Sofonias para descrever este dia. Meu querido, este dia por certo chegará, pois Deus é fiel e justo. Ele […]
14 de setembro de 2019

Eu, um ateu?

“Agora, pois, que lucro terás indo ao Egito para beberes as águas do Nilo; ou indo à Assíria para beberes as águas do Eufrates?” (Jeremias 2.18) Normalmente quando se fala em ateu, tem-se em mente um grupo minoritário que formula inúmeras teses na tentativa de provar que Deus não existe. Contudo, o que se vê efetivamente é uma grande massa atuando como ateus práticos. São pessoas que afirmam crer na existência de Deus, mas O negam na prática e no coração. Quanto a essa questão, o que a Bíblia tem a nos ensinar? Ao consideramos o capítulo 2 do Livro do profeta Jeremias, relatando as experiências do povo de Israel, aprendemos: 1) O povo abandonou o Senhor v, 13 – O profeta denuncia e diz que dois grandes males foram cometidos: 1º) “A mim me deixaram” (O manancial de águas vivas). A tônica do profeta Jeremias consiste em denunciar a […]
13 de setembro de 2019

Conhecendo a Deus (8)

“Antes de nascerem os montes e de criares a terra e o mundo, de eternidade a eternidade tu és Deus” (Sl 90.2). “Fazes os homens voltarem ao pó, dizendo: Retornem ao pó, seres humanos”! (Sl 90.3). Duas afirmações profundas! Deus é eterno desde toda eternidade. O homem é pó. E, embora sua eternidade tem um começo, o homem é pó. Moisés traz ao povo a lembrança da efemeridade do homem em contraste com a eternidade de Deus. A mente humana jamais poderá compreender plenamente o significado desse atributo de Deus, todavia, reconhece a realidade da sua constituição, pois o é pó. “A perfeição de Deus pela qual ele é elevado, acima de todos os limites temporais e de toda sucessão de momentos, e tem a totalidade da Sua existência num único presente indivisível” (Louis Berkhof). Por ser eterno, desde toda eternidade, Deus não está limitado ou condicionado ao tempo, pois […]
12 de setembro de 2019

“Refletindo as coisas de Deus”

No Evangelho de Marcos 8.33 diz: “Jesus, porém, voltou-se e, fitando os seus discípulos, repreendeu a Pedro e disse: Arreda, Satanás! Porque não cogitas das cousas de Deus, e sim das dos homens”. Olhando para o contexto da passagem, vemos que momentos antes, Pedro declarou: “Tu és o Cristo”, demonstrando com isso uma compreensão profundamente verdadeira a respeito de Jesus, porém, poucos instantes depois, o mesmo Pedro repreendeu o Senhor Jesus ao ouvi-lo dizendo que em breve seria rejeitado, perseguido, morto e que ressuscitaria no terceiro dia. Pedro era um cristão genuíno e transformado, mas a sua imaturidade espiritual fazia dele uma presa fácil para as investidas de Satanás. O problema de Pedro é precisamente o mesmo de muitos cristãos que professam a fé no Senhor, mas que por muito tempo continuam se alimentando do leite espiritual como se fossem crianças recém-nascidas. Por esse motivo se tornam presas fáceis das […]
11 de setembro de 2019

“Céu ou Inferno?”

“Nesse tempo, se levantará Miguel, o grande príncipe, o defensor dos filhos do teu povo, e haverá tempo de angústia, qual nunca houve, desde que houve nação até àquele tempo; mas, naquele tempo, será salvo o teu povo, todo aquele que for achado inscrito no livro. Muitos dos que dormem no pó da terra ressuscitarão, uns para a vida eterna, e outros para vergonha e horror eterno” (Daniel 12. 1–2) O texto de hoje chama a atenção para uma realidade que muitos, seduzidos pelo mundo, passam a vida tentando evitar: O final dos tempos! Porém, a Bíblia é absolutamente clara e enfática em nos exortar que haverá um dia quando Deus julgará a todos, os vivos e os mortos. Não importa quem fomos aos olhos dos homens; se grandes ou pequenos, se ricos ou pobres, se doutores ou analfabetos, se religiosos ou ateus. Nesse dia todos teremos de comparecer diante […]
10 de setembro de 2019

“Exercendo a Bondade”

“O homem bondoso faz bem a si mesmo, mas o cruel a si mesmo se fere” (Provérbios 11.17) “… mas o cruel a si mesmo se fere”, diante do provérbio perguntamos: Como é possível alguém fazer mal a si mesmo? É difícil acreditar que alguém pode chegar a tal ponto; mas é uma realidade! Uma realidade testemunhada pela Bíblia; uma realidade testemunhada por todos nós diariamente… Por exemplo, um viciado que na busca de satisfazer o seu próprio vício, ignora a destruição do próprio organismo. Há também aqueles que não sabem controlar sua língua, e causam danos a si mesmos, através de palavras mal ditas. Não posso acreditar em outra coisa, senão que, tal ato insano, seja consequência da ignorância e da falta de discernimento – causados pelo pecado. Portanto, como mordomos do nosso próprio corpo (templo do Espírito de Deus) sejamos sábios; e que na graça de Cristo Jesus […]
9 de setembro de 2019

“Servos de Deus ou filhos da sanguessuga?”

A facilidade de adquirir conhecimento não dispensa a dedicação. Em Eclesiastes 1.12 a determinação é destacada como recurso indispensável ao currículo dos sábios. Salomão não esconde seu empenho para entender o que acontece “debaixo do céu”. Em virtude disto, seus Textos Sagrados estão cheios de comparações entre a conduta humana e o instinto dos irracionais. Dentre as tantas criaturas mencionadas em Provérbios, a sanguessuga não passou despercebida. No capítulo 30.15 o escritor sagrado toma o pequeno anelídeo como exemplo dalguém que só diz: “Dá, Dá”. Para *Gilberto Stam “…a especialidade desse verme é justamente chupar o sangue de seus hospedeiros sem causar desconforto…”. Uma das duas coisas pedidas por Agur em Provérbios 30.7-9 é que a sua integridade para com Deus seja preservada, quer na pobreza ou na riqueza. O contentamento dos versos 7 a 9 contrasta com a ambição do verso 15. Infelizmente, nem mesmo no Éden o ser […]
8 de setembro de 2019

“Cuidado, também, com os mosquitos”

As Escrituras falando a respeito de escribas e fariseus diz o seguinte:“Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas, porque dais o dízimo da hortelã, do endro e do cominho e tendes negligenciado os preceitos mais importantes da Lei: a justiça, a misericórdia e a fé; devíeis, porém, fazer estas coisas, sem omitir aquelas! Guias cegos, que coais o mosquito e engolis o camelo!” (Mateus 23. 23-24). O que podemos aprender com isto? O verso 23 começa proclamando um Aí sobre eles e chamando-os de hipócritas. Por que o Senhor se dirige assim contra eles? Porque eles eram meticulosos a respeito do dízimo, entretanto, negligenciavam os preceitos mais importantes da Lei, como a justiça, a misericórdia e a fé. Veja que o Senhor não ordena que deixem de fazer o que faziam, ou seja, dar o dízimo; porém, os exorta a não continuarem ignorando os preceitos mais importantes da lei. A […]
7 de setembro de 2019

“A verdadeira salvação”(Parte 2)

Na última devocional falamos sobre alguns testes que demonstram se uma pessoa foi verdadeiramente salva pelo Senhor. Falamos sobre o teste do reconhecimento do Senhor Jesus como o Filho de Deus, que desfruta da mesma natureza Soberana de Deus e que veio para nos salvar dos nossos pecados. Falamos, também, sobre o teste da obediência incondicional, amorosa e prazerosa aos mandamentos do nosso Pai. E, finalmente, falamos sobre o teste da perseverança dos cristãos que mesmo vivendo num mundo de hostilidades, angústias e lutas continuam firmes nos caminhos do Senhor. O próximo teste é o teste do amor. 1 João 3.14 diz: “aquele que não ama permanece na morte.” João ensina que um dos efeitos do novo nascimento é a transformação da velha natureza corrompida pelo pecado em uma nova natureza regenerada. Para o novo convertido tudo se fez novo, especialmente o amor a Deus e ao próximo. Isso implica […]
6 de setembro de 2019

“Conhecendo a Deus (7)”

Deus é infinito. A infinitude “é a perfeição de Deus pela qual ele é isento de toda e qualquer limitação” (L. Berkhof). Zofar disse a Jó a respeito da infinitude de Deus: “Você consegue perscrutar os mistérios de Deus? Pode sondar os limites do Todo-poderoso? São mais altos que os céus! O que você poderá fazer? São mais profundos que as profundezas! O que você poderá saber? Seu cumprimento é maior que a terra e a sua largura é maior que o mar” (Jó 11.7-9). A mente humana jamais poderá compreender, plenamente, a infinitude de Deus. Nunca o homem terá o poder de conhecer a mente do Senhor Deus em toda Sua infinitude. Dizer que Deus é infinito significa que Ele não está condicionado às limitações do tempo ou do espaço. Deus é Deus e o homem é homem. Toda a criação de Deus não pode conter Deus ou, limitar […]
5 de setembro de 2019

“Com Cristo, em Cristo e nada mais”

“Ora, como recebestes Cristo Jesus, o Senhor, assim andai nele, nele radicados, e edificados, e confirmados na fé, tal como fostes instruídos, crescendo em ações de graças”. (Colossenses 2.6-7). É possível que em toda a história da igreja cristã nunca se viu um cristianismo tão superficial como o encontrado em nosso século. Embora seja crescente o número de pessoas que declaram fé em Cristo Jesus e que se filiam a uma igreja, talvez nunca, nunca antes foram encontrados tantos cristãos ateus como hoje (por cristãos ateus quero dizer aqueles que, apesar de crerem na existência de Cristo, vivem totalmente alheios a sua Palavra). Um exemplo dessa superficialidade está no elevado número de “cristãos” que fundamentam sua fé em jargões, rapidamente aprendidos e usados como mantra, tais como: “Deus é amor”, “eu sou precioso para Deus”, “Deus vai honrar sua vida”, “Eu profetizo”, “Toma posse da bênção”, “Eu determino”, “Eu declaro”, […]
4 de setembro de 2019

“Como você lida com os segredos?”

“Nada há encoberto que não venha a ser revelado; e oculto que não venha a ser conhecido” (Lucas 12.2) Segredos, como os segredos fascinam as pessoas! Algumas estão empenhadas em criá-los e mantê-los, e outras, em descobri-los. Claro que há exceções; via de regra segredos envolvem coisas das quais não nos orgulhamos ou que sabemos que, se descobertas, nos trarão problemas. O texto de hoje nos traz a verdade de que nada ficará encoberto para sempre. Nenhum pecado, por mais secreto que seja, nem a mais bem desenvolvida hipocrisia deixará de ser revelada mais cedo ou mais tarde, nesta vida ou no juízo final. Por mais que se consiga esconder as coisas dos homens, nada está encoberto. Deus trará a juízo todas as coisas: “Porque Deus há de trazer a juízo todas as obras, até as que estão escondidas, quer sejam boas, quer sejam más” (Eclesiastes 12.14). Sejamos verdadeiros, nada […]
3 de setembro de 2019

“O que importa?”

“Bendito no Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que, segundo a sua muita misericórdia, nos regenerou para uma viva esperança, mediante a ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos” (1 Pedro 1.3) Este certamente não é o mesmo Pedro impulsivo e cheio de fraquezas descrito nos evangelhos. Depois de tantas provas e já nos seus últimos dias de vida, um homem maduro compartilhará da sua experiência com os demais irmãos que sofriam grande pressão por causa da fé. Pedro escreve esta epístola por volta de 64 d.C. A esta altura Roma tem grande parte da cidade queimada e os moradores colocam a culpa no imperador Nero, que por causa dos seus projetos ambiciosos teria provocado tal catástrofe, porém, como Nero sabia que os romanos não viam os cristãos com bons olhos, ao ser acusado, disse que na verdade os cristãos teriam sido responsáveis pela queimada, como resultado, foi […]
2 de setembro de 2019

“Para refletirmos um pouco”

Se deixarmos de ser crentes teóricos e nos tornamos crentes de verdade, ou seja, práticos, as coisas mudam. Se as coisas, ainda permanecem da mesma forma que antes, é porque não houve mudança alguma, e contra isto não há argumentos. Se não houve mudanças não há e nem haverá vida em abundância. Tomemos cuidado em não nos enganarmos vivendo um cristianismo mentiroso. Quem homenageia os crentes verdadeiros da antigamente, porém desonram, no dia a dia, o que eles ensinavam grande perigo corre. Ouça o que a Escritura diz sobre tais pessoas: “Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! Porque edificais os túmulos dos profetas e enfeitais os monumentos dos justos; e dizeis: Se tivéssemos vivido nos dias de nossos pais, não teríamos sido cúmplices no derramamento do sangue dos profetas. Assim, testemunhais contra vós mesmos que sois filhos dos que mataram os profetas. Completai o que vossos pais fizeram. Serpentes, […]
1 de setembro de 2019

“A nossa dívida impagável foi paga por Cristo!”

“tendo cancelado o escrito de dívida, que era contra nós e que constava de ordenanças, o qual nos era prejudicial, removeu-o inteiramente, encravando-o na cruz;” O versículo citado está registrado em Colossenses 2:14. Imagine que você tenha uma dívida altíssima, digamos que ela seja impagável. Nem trabalhando a vida inteira, economizando muito, não gastando com nada, imagine que nem assim você consiga pagá-la. Mas, sem você esperar aparece uma pessoa que paga essa dívida pra você. Seu nome que estava sujo fica limpo e o crédito que você não tinha agora passa a ter. Pois é, o texto de Colossenses 2:14 nos faz pensar justamente sobre esse tipo de situação. Claro que o sentido do texto sagrado é infinitamente superior, mas, penso que pra gente fica bom essa ilustração pra imaginarmos qual é a grande questão destacada pelo apóstolo Paulo aos cristãos colossenses. E a grande questão é que tínhamos […]
31 de agosto de 2019

“Deixando a ira de lado”

“Agora, porém, despojai-vos, igualmente, de tudo isto: ira, indignação, maldade, maledicência, linguagem obscena do vosso falar. Não mintais uns aos outros, uma vez que vos despistes do velho homem com os seus feitos e vos revestistes do novo homem que se refaz para o pleno conhecimento, segundo a imagem daquele que o criou;” (Col. 3.8-10) Já percebeu que pessoas iradas costumam justificar suas atitudes furiosas e destrutivas, dizendo: “Eu sou assim mesmo. Deus me fez assim!”? Essa é uma realidade muito comum, inclusive entre pessoas que se consideram cristãs. A questão para nós nesse dia é se tal atitude também tem a ver conosco. Essa é uma pergunta importante; pois, com ela, outra pergunta surge: será que alguém que assim se justifica é cristã de verdade? Talvez, ao olhar para si, sua resposta seja um sonoro SIM! E, pra ser sincero, acredito que de fato tal realidade seja uma possibilidade; […]
30 de agosto de 2019

“Conhecendo a Deus” (6)

Deus é justo. Esta afirmação parece soar estranha quando olhamos para a sociedade em que vivemos, pois estamos tão habituados a ouvir falar de injustiças que, ouvir falar de justo e justiça, quase não faz sentido. A justiça de Deus pode ser assim definida: “É aquela perfeição de Deus pela qual Ele se mantém contra toda violação de Sua santidade, e mostra em todos os aspectos que Ele é o Santo” (L. Berkhof). As Escrituras Sagradas afirmam: “Ele é a Rocha, as suas obras são perfeitas, e todos os seus caminhos são justos. É Deus fiel, que não comete erros; justo e reto ele é” (Dt 32.4). Deus é o parâmetro da justiça e da retidão e, por isso, a Sua justiça é perfeita. Podemos dizer que a justiça de Deus envolve dois aspectos: A justiça remunerativa, ou seja, Deus retribui aqueles que Nele creem e confiam: “Sem fé é […]
29 de agosto de 2019

“Qual a razão da sua felicidade?”

“Ele, porém, respondeu: Antes, bem-aventurados são os que ouvem a palavra de Deus e a guardam!” (Lucas 11.28) No versículo 27 uma mulher diz que bem-aventurada era aquela que concebeu e amamentou a Jesus. Diante desta afirmação, Cristo, sem negar o que a mulher disse, apresenta no texto de hoje um tipo de pessoas que são mais bem-aventuradas do que aquela que o concebeu. Primeiro, Jesus diz que as pessoas que ouvem a Palavra de Deus são bem-aventuradas. Ouve-se esta Palavra quando se lê a Bíblia e quando se escuta pregações expositivas bíblicas. No entanto, na sequência Jesus também diz que as bem-aventuradas não só ouvem a Palavra de Deus, mas a guardam. A palavra “guardar” significa “importar-se com”, “querer cumprir”, ou seja, aplicar e obedecer ao seu ensinamento. Em resumo, Cristo diz que mais bem-aventurado, isto é, plenamente feliz é aquele que está disposto a ouvir o que Deus […]
28 de agosto de 2019

“A verdadeira salvação” (parte 1)

A Palavra de Deus nos ensina que nem todos aqueles que dizem: “Senhor, Senhor entrarão no reino dos céus” (Mt. 7.21). Essa foi uma afirmação categórica feita pelo Senhor Jesus para demonstrar que rituais religiosos, hábitos externamente cristãos e aparência de piedade não são suficientes para garantir a uma pessoa o desfrutar da vida eterna com Cristo e sua igreja. Diante disso, quais critérios podemos usar para saber se experimentamos a verdadeira salvação? O primeiro e mais importante teste é sem dúvida nenhuma o reconhecimento do Senhorio do Senhor Jesus, da sua Soberania e da sua natureza divina e humana. Não é suficiente olhar para Jesus como um grande líder, pensador ou influenciador. Jesus nas palavras do apóstolo João é o Verbo de Deus, que estava com Deus e que era o próprio Deus. Todas as coisas foram feitas por intermédio dele e por ele são sustentadas. Ele é a […]
27 de agosto de 2019

“Oração e labuta”

“Escondi a tua palavra no meu coração, para eu não pecar contra ti” (Sl. 119:11) Certa vez, em conversa com um amigo ele me disse: “agora sim estou descobrindo a verdadeira espiritualidade e comunhão com Deus, pois antes eu só lia a Bíblia, mas agora eu apenas oro e, por esta razão, vivo um excelente momento da vida cristã”. Na ocasião tentei mostrar que ele estava equivocado quanto às suas conclusões, e quero argumentar aqui sobre a importância da meditação na Palavra debaixo da oração. A oração é essencial para que uma pessoa possa fazer uma interpretação correta das Escrituras. Não me refiro aqui a uma simples interpretação de texto, mas sim, ao ato de enxergar os propósitos e ações de Deus para a sua igreja e, ao mesmo tempo, identificar-se com as suas promessas como um ato de fé. Fica claro no lema; “orare et labutare” (oração e labuta), […]
26 de agosto de 2019

“Estamos dispostos a servir a Deus e zelar pelo seu Santo Nome?”

Pensem no seguinte: Quando alguém quer reformar sua casa. Precisa saber o que quer fazer, pois se não souber, correrá o risco de mexer onde não há necessidade. Aparentemente nada errado com isso. O problema maior surge quando por falta de conhecimento, ele desconhece a existência problema no alicerce. Como reformar algo se o alicerce está comprometido? Deixa-me fazer uma pergunta: Como entender as Escrituras de forma correta se o alicerce é equivocado? Ora, a doutrina da aliança, do Reino e do Mediador são doutrinas basilares. Se uma delas é comprometida todo o corpo de doutrina será. Culmann em sua obra: DAS ORIGENS DO EVANGELHO À FORMAÇÃO DA TEOLOGIA CRISTÃ diz: “É preciso começar por sublinhar bem que a noção de um batismo cristão, considerado como o cumprimento e, por conseguinte, a abolição da circuncisão judaica, não é uma invenção teológica tardia devida ao apologista Justino. Não foi pré-fabricada a […]
25 de agosto de 2019

“O verdadeiro descanso”

“Vinde a mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei” (Mateus 11.28) O verdadeiro descanso vem por conhecer e se relacionar com Deus. Esse é o ensino que o Rei Davi nos dá no Salmo 23: “O SENHOR é o meu pastor; nada me faltará. Ele me faz repousar em pastos verdejantes. Leva-me para junto das águas de descanso; refrigera-me a alma. Guia-me pelas veredas da justiça por amor do seu nome. Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte, não temerei mal nenhum, porque tu estás comigo; o teu bordão e o teu cajado me consolam. Preparas-me uma mesa na presença dos meus adversários, unges-me a cabeça com óleo; o meu cálice transborda. Bondade e misericórdia certamente me seguirão todos os dias da minha vida; e habitarei na Casa do SENHOR para todo o sempre”. Ensino confirmado pelo Senhor Jesus em Mateus 11.27,28, […]
24 de agosto de 2019

“O caminho para as bênçãos”

No salmo 19 a partir do verso 7 o salmista procura ressaltar importância da lei de Deus, usando termo como: preceitos, mandamentos e juízos como meios compensatórios àqueles que levam a sério a Palavra de Deus. Esta recompensa não era novidade para o povo de Israel, conforme o texto de Deuteronômio 28.1-14. A bem da verdade, o contexto dos versos mencionados remonta ao capítulo 26.16-19, no qual o cumprimento dos princípios de Deus é uma ordem e não mera opção. Os primeiros versos do capítulo 28 evidenciam o caminho para o povo da Aliança se apropriar das bênçãos. Pode-se dizer que o Sermão do Monte, em Mateus 6.33 dialoga com o texto de Deuteronômio 28, ao ressaltar que, “as demais coisas” são decorrências do ato de buscar em “primeiro lugar o reio de Deus”. A inversão dessa ordem, apesar de muito comum na vida, não só dos gentios, pode até […]
23 de agosto de 2019

“Um inimigo sutil”

“Então, disse Ezequias a Isaías: Boa é a palavra do Senhor que disseste. Pois pensava: Haverá paz e segurança em meus dias” (Is. 39:8). Você se considera uma pessoa egocêntrica? Via de regra, nos posicionamos como pessoas altruísticas e até somos capazes de apresentarmos as razões pelas quais devemos ser vistos assim. Nós nos sentimos orgulhosos de nós mesmos, do jeito que somos e do que fazemos. Entretanto, não é preciso ir muito longe para que se perceba que temos uma tendência a uma postura umbigocêntrica. Portanto, se temos inimigos a vencer todos os dias, o nosso EU é um deles. Em 2º Reis 18:1-3 vemos um resumo da biografia de Ezequias: “No terceiro ano de Oséias, filho de Elá, rei de Israel, começou a reinar Ezequias, filho de Acaz, rei de Judá. Tinha vinte e cinco anos de idade quando começou a reinar e reinou vinte e nove anos […]
22 de agosto de 2019

“A Palavra de Deus tem de ser vivida!”

“Alegrai-vos com os que se alegram e chorai com os que choram” (Romanos 12.15) O versículo citado está escrito em Romanos 12:15. Vamos pensar um pouco sobre o que podemos aprender a partir desse texto. Tudo o que falamos pelos cotovelos esbarra nesse mandamento explícito e simplesmente cai por terra. As nossas qualidades, tão incríveis em nossa própria opinião, postas diante de Romanos 12:15 podem sucumbir na verdade. Nós pregamos tantas coisas bonitas, tanto amor ao próximo, altruísmo, ajuda daqui e dali, mas, na hora que precisa mesmo, nos escondemos, nos omitimos, ou sem qualquer tipo de inibição nos negamos a estender uma mão que seja para quem precisa de ajuda. Em matéria de “falar demais”, de peito estufado, de discursos bonitos sobre amar às pessoas, nisso nós somos catedráticos até. A Palavra de Deus tem de ser vivida e não apenas dita a todo o momento sem ser sentida […]
21 de agosto de 2019

“Conscientes da Graça”

“Porque pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós; é dom de Deus; não de obras, para que ninguém se glorie. Pois somos feitura dele, criados em Cristo Jesus para boas obras, as quais Deus de antemão preparou para que andássemos nelas” (Efésios 2.8-10). Você compreende o que Paulo está ensinando aqui? O apostolo diz “que a nossa salvação é um presente de Deus para nós e não um pagamento por qualquer obra que realizamos”. Uma correta compreensão dessa verdade é de suma importância para a vida cristã, uma vez que ela implica em algumas coisas: 1º) Implica em humildade.> Saber que somos salvos pela graça, gratuitamente, é razão para tirar de nós qualquer senso de auto justificação e/ou qualquer sentimentos de superioridade. Somos pecadores, merecedores da ira santa e justa de Deus, não merecemos a salvação. Ela nos é concedida como um. 2º) Implica […]
20 de agosto de 2019

“Clamo ao Senhor, e Ele me ouve”

“Na minha angústia, clamo ao SENHOR, e ele me ouve” (Salmo 120.1) De acordo com os versículos 2 e 3, a angústia do salmista aqui expressada era decorrente de calúnia. Esta é uma daquelas coisas das quais dificilmente é possível se proteger. Não conseguimos repeli-la pela força, nem sempre conhecemos a sua origem e seus efeitos podem perdurar muito tempo, mesmo depois dela ter sido refutada. O que fazer diante de algo assim? Se não conheço sua origem, se não consigo refuta-la completamente, se não posso evitar seus efeitos sobre minha reputação, tudo o que posso fazer é entregar o caso ao Senhor; o salmista diz que clama ao Senhor e Ele o ouve. Há duas coisas que precisamos saber. A primeira é que todos podemos ser vítimas de calúnia e, diante desta angústia, ou diante de qualquer outra, devemos ter a certeza de que Deus nos ama e ouve […]
19 de agosto de 2019

“Conhecendo a Deus (5)”

O amor de Deus pelo pecador é algo que jamais compreenderemos. Todavia, o fato de não compreendê-lo plenamente não significa que ele não seja real e que, muito menos, que ele não seja aplicado na vida de pecadores que Deus, desde toda a eternidade, escolheu para a salvação. O Senhor Deus, em Sua graça e misericórdia, esvazia de nós, pecadores, qualquer objeção ao Seu amor. “Dificilmente haverá alguém que morra por um justo, embora pelo homem bom talvez alguém tenha coragem de morrer. Mas Deus demonstra seu amor por nós: Cristo morreu em nosso favor quando ainda éramos pecadores” (Rm 5.8). Você daria a sua vida por alguém? Mesmo que esse alguém não fosse bom? John Murray diz a respeito do amor de Deus: “A morte de Cristo não constrange ou provoca o amor de Deus; no entanto, o amor de Deus foi o elemento que ocasionou a morte de […]
18 de agosto de 2019

“Um pequeno povo muito amado por Deus”

Há um ditado popular que afirma “que a voz do povo é a voz de Deus”. Nesse sentido prevalece a tese de que Deus pensa como a maioria das pessoas e que a maioria expressa o pensamento divino. Mas isso não passa de mais um grande engano do senso comum. Na verdade, ao longo da história, Deus se relevou amorosamente e salvadoramente aos pequenos, fracos e insignificantes; e, nunca para aqueles que se achavam grandes, fortes e poderosos. Abraão, por exemplo, antes de ser chamado por Deus, não passava de um idolatra pagão que vivia na cidade de Ur dos Caldeus. O pai da fé em alguns momentos da sua vida não exercitou a fé no Senhor como deveria. Certa vez afirmou para Abilmeleque, rei de Gerar, que sua esposa era sua irmã porque tinha medo de ser morto pelo rei. Antes disso, influenciado por sua mulher Sara, deitou-se com […]
17 de agosto de 2019

Tenha fé e terá paz!”

“Então, lhe disse: Filha, a tua fé te salvou; vai-te em paz” (Lucas 8:48) Lucas escreveu sobre uma situação de grande tristeza! 12 anos de muito sofrimento. Certa mulher padecia havia 12 anos com uma hemorragia. O que lhe causava dor, incômodo, vergonha e desesperança era persistente. O evangelista Lucas registrou que essa mulher doente gastou tudo que tinha para pagar médicos para conseguir a sua cura. Ela pagou, mas não teve sucesso. Pagou caro, ela desfez de tudo que tinha, mas a solução de seu problema não veio. Essa mulher chegou a determinado momento da sua vida, 12 anos depois de ficar doente, em que a única coisa que tinha era a doença. Sua vida social era zero, não era bem vista e nem bem-vinda a lugar nenhum porque sabiam de seu mal e a tinham na conta de alguém que deveria ser evitado, não tinha nada mais de […]
16 de agosto de 2019

“O melhor lugar para estar”

“Pois um dia nos teus átrios vale mais que mil; prefiro estar à porta da casa do meu Deus, a permanecer nas tendas da perversidade. Porque o SENHOR Deus é sol e escudo; o SENHOR dá graça e glória; nenhum bem sonega aos que andam retamente” (Salmo 84. 10,11) A pessoa que cresceu em seu relacionamento com Deus anseia por passar mais tempo com Ele que fazer qualquer outra coisa. Ela percebeu que não há melhor investimento do seu tempo; nada que lhe traga mais alegria. Vivemos em um mundo ocupado. Somos puxados em uma dúzia de direções diferentes ao mesmo tempo e a todo o momento. É fácil ocupar todo o nosso tempo com coisas menores e secundárias. Estamos tão ocupados com as coisas do dia a dia que não temos um tempo diário com Deus; corremos demais a ponto de ser impossível parar, ficar quieto, e ouvir a […]
15 de agosto de 2019

“Em Deus está a minha esperança”

“Somente em Deus, ó minha alma, espera silenciosa, porque dele vem a minha esperança” (Salmo 62.5) Esperança, este é o sentimento que temos em relação a tudo na vida. Quando as coisas vão bem, alimentamos a esperança de que assim continuarão; quando não vão bem, a esperança de que melhorarão; quando iniciamos algum projeto, temos a esperança de que tudo dará certo e, assim, nossa expectativa é de que as coisas sempre corram bem. No entanto, esperança sem fundamento não passa de ilusão. E quais devem ser os motivos certos para nutrirmos nossa esperança? Há os que confiam em sua inteligência, força, poder de influência, dinheiro, amigos, etc. No texto de hoje o salmista mostra que nem os amigos, nem o nosso dinheiro, nem as nossas forças podem nos trazer aquela paz silenciosa, aquela confiança que nos leva a esperar que, no final, tudo terminará bem sem nos enganarmos. Só […]
14 de agosto de 2019

“Conhecendo a Deus (4)”

O salmista Davi perguntou a Deus: “Para onde poderia eu escapar do teu Espírito? Para onde poderia fugir da tua presença”? (Sl 139.7). Certamente que ele não é o único a fazer essa pergunta. Seria possível fugir da presença do Senhor? A onipresença de Deus pode nos assustar. É possível Deus estar presente em todo lugar e ao mesmo tempo? Um grande problema nosso é que não sabemos pensar em Deus como Ele é, pois, a nossa limitação nos leva a pensar Nele apenas em termos humanos. Esquecemos que somos meros mortais. A onipresença de Deus pode ser assim definida: “Deus não tem tamanho nem dimensões espaciais e está presente em cada ponto do espaço com todo o seu ser; ele, porém, age de modos diversos em lugares diferentes” (Wayne Grudem). O homem pode até mesmo ter o sentimento que Deus não vê e nem sabe tudo o que é […]
13 de agosto de 2019

“Se Deus é por nós quem será contra nós?”

É inegável o fato de que todos os seres humanos são impotentes diante de algumas situações da vida humana. Um vírus que é impossível de ser observado a olho nu é suficiente para provocar doenças e tirar a vida de muitas pessoas. Poderíamos pensar nas catástrofes em dimensões maiores como tsunamis, tempestades, terremotos e furacões que tem o potencial de dizimar, de uma só vez, a vida de milhares de outras pessoas. Mas há um inimigo muito maior e mais poderoso do que todas as avarias da vida humana. Esse inimigo não ceifa a vida somente do corpo, mas também da alma levando muitos a condenação eterna. Esse inimigo atende pelo nome de pecado. O pecado é a maior tragédia da vida. Nada se compara aos seus efeitos destruidores. Para um grande inimigo é necessário um grande salvador. Jesus é o nosso grande Salvador. Em Romanos 8.1 Paulo afirma que […]
11 de agosto de 2019

“A casa do Pai”

“Na casa de meu Pai há muitas moradas” (João 14.2) Jesus chamava o Templo de a “casa de meu Pai”. Todo judeu considerava o Templo o lugar onde Deus morava. No misterioso Santo dos Santos, Deus perdoava e cobria pecados. Por causa da presença de Deus no Templo, ela era chamada de casa de oração. Com certeza, o Deus eterno “não habita… em casas feitas por mãos humanas”(At 7.48). Diferente de um ídolo, Ele não pode ser aprisionado entre quatro paredes. Mas a promessa está firme: Deus habita entre seu povo, entronizado no louvor deles (Sl 22.3). Deus está no meio do Seu povo. Além disso, habitamos em Deus. Ele tem sido “nosso refúgio, de geração em geração.” (Sl 90.1). E quando fizermos nossa jornada final, vamos para casa para viver com Deus. Temos um lugar especial na casa do nosso Pai, junto ao nosso Senhor Jesus! A presença do […]
10 de agosto de 2019

“Nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus”

Paulo afirma categoricamente em Romanos 8.1 que: “Nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus”. Essa afirmação está construída no terreno sólido da obra de Cristo. Paulo deixa claro que o grande livramento da condenação não é resultado de esforço humano, mas tão somente da obra perfeita e maravilhosa de Jesus. Diante disso gostaríamos de apresentar alguns motivos do por quê essa afirmação é tão maravilhosa. 1º Lugar – Essa afirmação é maravilhosa porque é carregada de autoridade. Somente Jesus, o Filho de Deus, tinha autoridade para esmagar a cabeça da serpente, pagar a dívida que recaia sobre os eleitos e apresenta-los como justos e justificados diante do Pai. 2º Lugar – Essa afirmação é maravilhosa porque é carregada de Supremo Poder. Somente Jesus, o Filho de Deus, tinha poder para derrotar a morte, o diabo e o pecado. Essas três forças, embora poderosas, sucumbiram diante do poder […]
9 de agosto de 2019

“Conhecendo a Deus (3)”

Deus conhece todas as coisas? Sim. Deus conhece todas as coisas, desde toda a eternidade. E nada, absolutamente nada é desconhecido para Deus. Jamais conheceremos a Deus plena e exaustivamente. Deus é eterno desde toda eternidade, nós somos eternos a partir da concepção. Deus é infinito, nós somos finitos. Todavia, isso não impede que conheçamos a Deus, pois Ele revelou-Se a nós pela criação e, em especial, pela Sua Palavra e por Seu Filho Jesus Cristo. É certo que o ensino bíblico que Deus conhece todas as coisas, desde toda a eternidade, fere a razão humana. Mas, certamente, um problema com isso é que o ser humano pretende julgar a Deus pela sua própria razão e por não querer admitir quem Deus é. “Deus possui conhecimento de um modo diferente do nosso. Ele é imaterial e, portanto, não obtém conhecimento pelos órgãos de percepção sensorial. Tampouco efetua ‘processos de raciocínio’, […]
8 de agosto de 2019

“Qual, pois, a Razão da Lei?”

“De maneira que a lei nos serviu de aio para nos conduzir a Cristo, a fim de que fôssemos justificados por fé” (Gl 3.24) Qual a razão da lei? Vivemos em um período de um crescente e acentuado desprezo pela lei de Deus. Alguns a desprezam por ignorância, outros por rebeldia, outros ainda por acreditarem que vivemos no período da graça e que por essa razão aqueles que estão em Cristo, não estão mais sujeito a lei. Afinal qual a razão da lei? No versículo que lemos, encontramos Paulo ensinando, para os crentes da Galácia, que viviam no “período da graça”, a razão na lei. Ele faz isso chamando a atenção à palavra “aio”, tradução da palavra grega “paidagogós” (que dá origem à nossa palavra pedagogo). De modo geral, o pedagogo dos dias de Paulo (século I) era um “servente (escravo)” que trabalhava como “guia de custódia” ou “líder da […]
7 de agosto de 2019

“Preservando o Valor do Evangelho”

“Não deis aos cães as coisas santas, nem deiteis aos porcos as vossas pérolas, não aconteça que as pisem com os pés e, voltando-se, vos despedacem” (Mateus 7.6) Algumas pessoas ao fazerem uma tradução literal deste texto, entendem que é pecado dar as sobras da mesa aos cães, uma vez que as mesmas já teriam sido abençoadas através da oração. Você julga esta postura absurda? É importante destacar que aos sacerdotes era permitido comer de certos sacrifícios oferecidos ao Senhor (Êxodo 29:33; Levítico 2:3), e nem devemos cogitar a possibilidade deles compartilharem este alimento com os cães que por ali transitavam. Vale lembrar que o cão naquela região não tinha a característica de animal doméstico como é em nossos dias, e em nossa cultura. Ele era o carniceiro das ruas, feroz e selvagem. Quando o assunto é animais, podemos constatar nos evangelhos, que Jesus menciona o nome de alguns para […]