“Muitas pessoas creem em Cristo, mas, muitas outras não creem. Por quê?
8 de janeiro de 2020
“Lidando com a soberba”
10 de janeiro de 2020

“Amemos a Deus”

“Portanto, empenhai-vos em guardar a vossa alma, para amardes o SENHOR, vosso Deus” (Josué 23.11)

O capítulo 23 do livro de Josué mostra o servo do senhor chegando ao fim da sua jornada junto ao povo de Israel e, em suas últimas palavras, deu ao povo a advertência que temos no texto de hoje. A sua ênfase era para que o povo guardasse a sua alma para amar o Senhor.

Por vezes achamos impossível deixar de amar ao Senhor. Como deixarmos de amar aquele que nos deu vida e nos tem sustentado em tudo? Como poderemos nos esquecer desse sentimento latente em nossos corações? O problema é exatamente este; imaginar que amar é apenas ter um sentimento presente no coração, uma emoção vazia.

No entanto, a Palavra de Deus nos ensina que amar não implica em sentimentos, mas em atitudes. Jesus, um dia, falou: “Se me amais, guardareis os meus mandamentos (João 14:15). Amar a Deus implica em observar a sua lei, em adorá-lo, em buscá-lo e em reconhecê-lo como único Senhor das nossas vidas.

Guardemos nossas almas para amar ao Senhor! Vamos falar com a nossa alma para que ela esteja submissa à vontade do Senhor e não à vontade do nosso coração corrompido.
Que o Senhor Jesus conceda um ótimo dia a você e toda a sua família.

Rev. Welerson Alves Duarte (Presidente Geral da IPCB e Pastor na IPC de São Bernardo do Campo – SP)