“Amai-vos cordialmente uns aos outros”

“Verdade e Vida”
20 de julho de 2019
“Cuidado com o pecado da idolatria”
22 de julho de 2019

“Amai-vos cordialmente uns aos outros”

“Amai-vos cordialmente uns aos outros com amor fraternal, preferindo-vos em honra uns aos outros”. (Romanos 12.10)

Se alguém nos perguntasse se achamos que pessoas são importantes, provavelmente não teríamos dificuldade em dizer “claro que sim!”. Mas se alguém lhe perguntasse quais pessoas são importantes, como você responderia? Esta pergunta pode soar estranha, mas será que não temos por hábito selecionar as pessoas que valem a pena e as que não? Isto pode ser visto claramente através de frases encontradas em uma busca simples no google. Vou destacar uma: “Ame e dê valor a quem te ama”. Pense só! “Isto não é egoísmo”, alguém diria, “isto só é amor próprio!”. Será mesmo?

O texto de hoje nos ensina exatamente o contrário do que diz tal frase. Aliás, antes de considerarmos sobre o texto em si, veja o que Jesus disse sobre isso: “Porque, se amardes os que vos amam, que recompensa tendes? Não fazem os publicanos também o mesmo?” Mateus 5.46.

É natural as pessoas buscarem aqueles com quem têm afinidade, ou aqueles de quem sabem que podem receber algo. Porém, aqueles que foram remidos pelo sangue de Cristo precisam saber que amor de Deus por nós nos incentiva a amarmos a todos, sem exceção.

Quando Paulo diz para amar cordialmente, ele está se referindo àquele sentimento próprio de pais e filhos, ou seja, todas as pessoas devem ser amadas por nós como se pertencessem à nossa própria família.

Paulo, na sequencia, diz como este amor deve ser manifesto: “preferindo-vos em honra”. Isto quer dizer que se deve manifestar respeito e honra, não buscando ser respeitado e honrado em troca, mas apenas porque é a coisa certa a ser feita. Assim, cada um deve se empenhar para mostrar ao outro todo o respeito que é devido nas várias relações da vida. Quão diferente é isso do espírito do mundo! O espírito que busca não conferir honra, mas obtê-la; que visa não difundir o respeito, mas atraí-lo para si; não busca acrescentar ao outros, mas sim receber.

Se nossa sociedade seguisse o princípio ensinado por Jesus Cristo, ao invés de alimentar inveja, insatisfação e disputas, haveria contentamento, harmonia, amor e ordem na comunidade.
Ao invés de dispensar quem não te acrescenta, busque acrescentar você a ele. Ao invés de amar apenas a quem te ama, busque amar a todos. Sigamos o exemplo de Cristo.

Que o Senhor Jesus conceda um ótimo dia a você e toda a sua família.

Rev. Welerson Alves Duarte