“O Problema é o Coração (4)”
7 de junho de 2019
“Um pouco de demonologia que o evangelho de Marcos traz”
9 de junho de 2019

A Vereda do Justo

Lê-se no profeta Oséias 14.9 que os “…caminhos do senhor são retos…”. João Calvino diz que “retos”, no contexto apreciado, denota que: “…o Senhor nada faz senão o que é reto e isento de toda falha e defeito. ” Razão pela qual: “…os transgressores neles cairão. ” O que se vê, não apenas em Oséias, mas, por toda história, eclesiástica ou não, é a veracidade deste versículo no dia a dia das pessoas. Em sua carta aos Romanos 8.5, o apóstolo Paulo ressalta que: “…os que se inclinam para a carne cogitam das coisas da carne; mas os que se inclinam para o espírito, das coisas do Espírito”. Mais vez, nas palavras do reformador: “Sempre que o Espirito reina, é um sinal da graça salvífica de Deus, assim como a graça de Deus não existe onde o Espírito é extinto e o reino da carne prevalece. ” Os que são da carne vivem opostamente a Deus, separados da influência Divina, consequentemente, “…nem sabem eles em que tropeçam. ” (Provérbios 4.19).

Essa diferença entre os que “são da carne” e os que “são do Espírito” reflete claramente no cotidiano das pessoas. Enquanto a “…vereda dos justos é como a luz da aurora…”, o “…caminho dos perversos é como a escuridão…” (Provérbios 4.18,19). A medida que os justificados em Cristo prosseguem para “…o alvo…” (Filipenses 3.14) os transgressores vão de “…mal a pior…” (2 Timóteo 3.13). Segundo o apóstolo Paulo, Deus predestinou os seus para serem conforme a “…imagem de seu Filho…” (Romanos 8.29). Uma vez que Jesus crescia em “…sabedoria, estatura e graça…”, visto der a vontade de Deus que seu povo seja conforme a imagem de Cristo, é imprescindível que os cristãos se desenvolvam tal qual a Jesus. Neste amadurecimento, fica evidente que a conduta dos salvos implica em progressão, assim como a luz da aurora que vai brilhando “…mais e mais…”. (Provérbios 4.18).

Lucas faz questão de registrar a primeira vez que os discípulos de Jesus foram chamados de cristãos (Atos 11.28), certamente para ressaltar a semelhança com o Mestre. Não eram apenas simpatizantes como Herodes que ouvia João Batista de “…boa mente…” (Marcos 6. 20). Às vezes, corre-se o risco de achar que a simpatia ao Evangelho muda as pessoas, Herodes, apesar de seu prazer em ouvir o Batista, mandou decapitá-lo, tão somente para satisfazer os caprichos da “…filha de Herodias…” (Marcos 6.22). Bem disse Paulo sobre os que “…são da carne…”! Pois os “… perversos não dormem, se não fizerem mal…” (Provérbios 4.16).

Para que a vereda do justo siga brilhando mais e mais, a Palavra de Deus deve ser levada a sério, posto sê-la “…lâmpada…” (Salmo 119.105), suficientemente, capaz de livrar os servos de Deus do “…caminho mal…” (Provérbios 2.12). Além do livramento mencionado, a mesma Palavra torna o povo de Deus “…perfeitamente habilitado para toda boa obra. ” (2 Timóteo 3.17). Por isso “…a vereda dos justos é como a luz da aurora, que vai brilhando mais e mais até ser dia perfeito. ” (Provérbios 4:18).

Que o Senhor Jesus conceda um ótimo dia a você e toda a sua família.

Rev. Reginaldo Vieira Naves