“Você importa com o seu próximo?”
3 de setembro de 2020
“O amor de Deus”
7 de setembro de 2020

“A verdadeira teologia”

É muito comum algumas pessoas confundirem e reduzirem a verdadeira e boa teologia como se fosse algo apenas do intelecto, construído com bons argumentos e que seja capaz de responder as perguntas e dilemas difíceis da vida humana. Há ainda alguns que estudam com afinco os temas teológicos para usá-los como armas de ataque nos intermináveis e infrutíferos debates da vida.

Para estes é importante dizer que a verdadeira teologia para produzir frutos é preciso estar alicerçada na mente e no coração. A verdadeira teologia é, antes de mais nada, fruto de uma experiência genuína com o Espírito Santo. O brilhantismo de Calvino, as conclusões de Lutero e todo o conteúdo produzido pelos reformadores são muito mais do que afirmações teológicas coerentes e lógicas, são reflexões produzidas por corações regenerados que não podiam permitir que o erro superasse a verdade.

Os amigos de Jó estavam cheios de argumentos aparentemente piedosos e genuínos, mas a verdadeira teologia saiu da boca daquele que sabia que o seu Redentor vivia e que em breve se levantaria sobre a terra.

A verdadeira teologia não tem prazer na discussão infrutífera, antes o seu propósito é levar os seus ouvintes a se prostrarem aos pés do Mestre, pensando como ele pensa, agindo como ele age e vivendo como ele ensina.

A verdadeira teologia não se deleita em atacar os ignorantes para vencê-los, antes a verdade tem como meta libertar os incautos dos seus erros e conduzi-los a uma vida com Cristo. Não use a teologia para meras discussões infrutíferas, mas faça dela o seu modo de vida. Lembre-se que a sua eficiência depende de uma experiência real com o Senhor da vida.

Que o Senhor Jesus abençoe você e sua família!

Que o Senhor Jesus conceda um ótimo dia a você e toda a sua família.

Rev. Ricardo S. Alves (IPC de Palmares Paulista – SP)