“A parábola do semeador”
8 de maio de 2020
“O Governo e a Benção de Deus”
11 de maio de 2020

“A providência de Deus” (Atos 14.17)

“Contudo, não se deixou ficar sem testemunho de si mesmo, fazendo o bem, dando-vos do céu chuvas e estações frutíferas, enchendo o vosso coração de fartura e de alegria.”

A providência de Deus é o ensino bíblico que afirma que o Senhor, pela sua mão poderosa, governa os céus, a terra e todas as criaturas. Todos os acontecimentos, desde o nascimento das plantas, o derramar das chuvas, os períodos de secas e as épocas frutíferas, não acontecem por forças do acaso, mas sim pela vontade soberana e poderosa de Deus. Nada pode trazer espanto ou surpresa àquele que Reina nos céus, na terra e no mar.

Quando somos crianças e entramos no carro de nosso pai para realizar uma viagem, simplesmente confiamos nas suas habilidades de dirigir o carro nos levando até o destino. O nosso Deus não é apenas como um habilidoso motorista, ele é aquele que projetou o carro, que criou todas as engrenagens, que fez as rodovias, que determinou as condições da estrada e que conhece todos os caminhos. Em outras palavras, estamos seguros na nossa viagem.

Esse é o ensino do texto de Atos 14.17 quando Paulo e Barnabé afirmam que Deus: “… não se deixou ficar sem testemunho de si mesmo, fazendo o bem, dando-vos do céu chuvas e estações frutíferas, enchendo o vosso coração de fartura e de alegria.”

A graça comum de Deus nos permite experimentar o bem de várias formas, seja na chegada da chuva, na produção e fartura dos alimentos e na própria alegria.
Fiquemos tranquilos, pois o nosso Deus é poderoso para providenciar todos os recursos de que necessitamos, e como se isso não fosse suficiente, ele nos concede da sua graça especial revelada na obra perfeita de Cristo. A providência de Deus, portanto, se estende dos céus, passa pela terra e chega até a eternidade.

E ai, você já rendeu graças e louvores no dia de hoje ao Deus da providência?

Que o Senhor Jesus conceda um ótimo dia a você e toda a sua família, e uma noite de sono abençoada.

Rev. Ricardo S. Alves (IPC de Palmares Paulista – SP)